FAB divulga vídeo inédito com imagens de acidente que matou Eduardo Campos

brasil
19.01.2016, 17:55:00

FAB divulga vídeo inédito com imagens de acidente que matou Eduardo Campos

Segundo a Força Aérea, a mudança na rota da aeronave no momento do pouso, contribuiu para o acidente

Nesta terça-feira (19), oficiais do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) da Força Aérea Brasileira (FAB) divulgaram o relatório final da investigação do acidente que matou o candidato à Presidência da República, Eduardo Campos, e outras seis pessoas, em agosto de 2014.

A comissão que investigou o caso foi composta por 18 especialistas, dentre eles pilotos, meteorologista, especialista em tráfego aéreo, engenheiros aeronáutico, mecânico e de materiais, além de médicos e psicólogos.

(Foto: Divulgação)

O chefe do Cenipa, brigadeiro Dilton José Schuck, disse que a função dos técnicos que investigaram o acidente era identificar os fatores que contribuíram para a queda da aeronave e não encontrar um culpado.

"Não é finalidade nossa identificar aqui culpa ou responsabilidades de quaisquer pessoas ou instituições. Nosso trabalho é voltado para prevenção", esclareceu. Durante a apresentação desta terça-feira, foram exibidas imagens inéditas do avião momentos antes da queda.

Em um relatório preliminar, apresentado em Brasília no ano passado, os oficiais afirmaram que os pilotos não seguiram a carta oficial que determina o procedimento a ser adotado em cada aeroporto para o pouso de aeronaves.

Na ocasião, os analistas disseram que não era possível concluir se esse fator havia contribuído para o acidente. Nesta terça, porém, o relatório listou esse fato como um dos responsáveis para queda do avião na cidade de Santos, litoral paulista.

Veja vídeo:


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas