Fernanda Montenegro e novela da Globo vencem Emmy Internacional

entretenimento
26.11.2013, 08:53:00
Atualizado: 26.11.2013, 09:12:24

Fernanda Montenegro e novela da Globo vencem Emmy Internacional

Com o prêmio, o Brasil se tornou o país dominante nessa categoria desde a sua criação em 2008. Em 2012 o Brasil venceu com “O Astro” e com “Caminho das Índias”

Folhapress

Fernanda Montenegro ganhou na noite de ontem em Nova York o prêmio Emmy Internacional na categoria de melhor performance feminina por seu papel como Dona Picucha no especial de fim de ano da TV Globo “Doce de Mãe”, na 41ª edição da premiação. A atriz ficou conhecida internacionalmente por seu trabalho no filme “Central do Brasil”, de 1999, e se tornou a primeira brasileira indicada ao Oscar.

No especial de fim de ano “Doce de Mãe”, Fernanda interpreta uma senhora de 85 anos que anuncia para seus quatro filhos que quer se casar. “Gostaria de dividir este Emmy com meus queridos diretores, Ana Luiza Azevedo e Jorge Furtado, e com todo o elenco, meus amigos, maravilhosos e estupendos atores do Brasil. Muito obrigado”, disse a atriz visivelmente emocionada, usando um elegante vestido preto de veludo.

Fernanda concorreu com a chinesa Li Sun, por “The Back Palace: Legend of Zhen Huan"; com a britânica Sheridan Smith, por “Mrs. Biggs"; e com Lotta Tejle, da Suécia, por “30 Degrees in February”.


Fernanda interpretou Dona Picucha, uma senhora de 85 anos que anuncia para seus quatro filhos que quer se casar

Fernanda já foi vencedora do Urso de Prata do Festival de Cinema de Berlim, da Concha de Prata do Festival de San Sebastián e do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, entre outros.

Novela

A novela “Lado a Lado”, da TV Globo, também recebeu o prêmio Emmy Internacional, por melhor telenovela, após desbancar a favorita “Avenida Brasil”, da mesma emissora. Dirigida e produzida por Vinícius Coimbra e escrita por Claudia Lage e João Ximenes Braga, também disputou o prêmio com a canadense “30 Vies” e com “Windeck”, de Angola.

Protagonizada por Camila Pitanga e Marjorie Estiano, a novela, ambientada no início do século 20, narra a história de amizade entre duas mulheres de classes sociais distintas: uma filha de uma baronesa e uma jovem escrava.


Com o prêmio, o Brasil se tornou o país dominante nessa categoria desde a sua criação em 2008. Em 2012 o Brasil venceu com “O Astro” e, em 2009, com “Caminho das Índias”, todas elas produções da TV Globo.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas