Festival Zona Mundi une intervenções artísticas e música no MAM

entretenimento
16.11.2018, 05:53:00
Baiana radicada em São Paulo, Xênia França faz show sábado (17) (Paste Studios/Reprodução)

Festival Zona Mundi une intervenções artísticas e música no MAM

Evento tem como atrações Xênia França, Àttøøxxá, Vox Sambou, Nikima, Ácido Pantera e mais

Com uma programação que une música, vídeo e as artes eletrônica e digital, o Circuito Internacional Eletrônico de Som e Imagem Zona Mundi (ZM) chega a sua sexta edição. 

O festival, que começa nesta sexta-feira (16) e vai até domingo (18), contará com mostras musicais, intervenções artísticas e performances, além de uma sessão de vídeo-arte e palestras.  

A ideia, segundo o curador Vince de Mira, é  juntar as diversas linguagens através de interfaces digitais.“A música ainda é o principal mobilizador. Nessa edição, buscamos inserir outras etnias”, explica. 

Curador do Festival, Vince de Mira é também voalista da RadioMundi
(Foto: Divulgação)

A programação do projeto começa nesta sexta-feira (16) com a mostra Cine Expandido e mesas temáticas, das 15h às 20h30, no Cinema do Museu Geológico. Após uma sessão com 12 vídeos de artistas locais e internacionais, será realizada uma mesa redonda reunindo três dos artistas.

“Essa mostra é uma novidade. Além de mostrar os filmes, as palestras terão uma configuração de workshop. Assim, teremos um bate-papo e o público poderá interagir com os participantes”, antecipa Vince. Nessas palestras, os artistas vão falar sobre os processos e mostrar como usam a linguagem de vídeo expandido.

Em Elos Latinos na Música, os músicos da Ácido Pantera conversarão sobre a aproximação de ritmos, discursos poéticos, além de tecnologias usadas em seus processos criativos.

Já em Patrimônio Imaginário, um bate papo com VJ Gabiru - que utiliza ferramentas tecnológicas de mapeamento para fazer intervenções artísticas visuais – o artista baiano debaterá sobre os impactos destas realizações em áreas degradadas de cidades da Bahia, Brasil e América Latina. O artista multimídia Nikima, por sua vez, compartilhará suas experiências na realização do projeto multimídia Auss & Auss.

Shows e vídeo
No sábado (17), o Zona recebe apresentações artísticas e uma feira criativa na área externa do  Museu de Arte Moderna, na Contorno. O baiano Nikima leva um pouco do seu projeto AUSS & AUSS para o festival. “Imagine Game of Thrones em forma de show. É mais ou menos isso”, resume o músico, que fez parte da banda de rock Lampirônicos e lançou ano passado o disco de música eletrônica Auss & Auss. 

Nikima leva sua música eletrônica para o festival
(Foto: Divulgação)

Além do álbum, o artista lançou o projeto em várias plataformas. Em cada interface, ele deselvolve uma parte de uma  história de ficção científica sobre um conglomerado que domina economicamente a Terra ao ter o monopólio de produção de energia. “O show é como um spin-off. É dançante, com projeções e performances. No ZN,  teremos ainda uma  tenda com meu game e um aplicativo de  realidade aumentada sobre o Auss & Auss”. 

Também se apresentam o duo colombiano Ácido Pantera - que se está pela primeira vez no Brasil; e a baiana radicada em São Paulo, Xênia França.

Domingo (18) é a vez do embaixador do hip hop haitiano e canadense Vox Sambou, do Muntchako e do grupo Àttøøxxá subirem no palco principal do evento.

Vox estará no Zona Mundi
(Foto: Luz Vermelha/Divulgação)

“Buscamos  artistas que estão sendo representativos. Por isso, a gente trouxe negros, mulheres...”, explica Vince.

O público vai poder conferir as apresentações artísticas com mostras integradas de música, vídeo-arte, vídeo-mapping e vídeo-dança.  “Serão dois palcos, vídeo-mapping no casarão do MAM. No palco, a RadioMundi também traz LED”, diz o curador, que também é vocalista da Radiomundi. A abertura dos dois dias, inclusive, fica por conta da banda, que fará ainda intervenções nos intervalos dos shows.

Resultado de imagem para Àttøøxxá correio24horas

Rafa Dias, Raoni, Oz e Wallace Chibata compõem a linha de frente do coletivo Àttøøxxá
(Foto: Betto Jr.)

SERVIÇO
Onde: MAM - Museu de Arte Moderna (Av. Contorno) e Sala de Arte / Cinema do Museu Geológico (Corredor da Vitória)
Quando: 16 a 18 de novembro de 2018
Ingresso: R$20 inteira / R$10 meia
Vendas pelo www.sympla.com.br

Programação completa

  • 16/11 (sexta-feira)

MOSTRA DE VÍDEOARTE
15h às 17h - Mostra Cine Expandido
Exibição de curtas com falas de alguns dos realizadores

PALESTRAS
17h10 às 18h10 - Narrativas, Arte e Tecnologia com Nikima (BA)
18h10 - Patrimônio Imaginário com VJ Gabiru (BA) 
19h - Elos Latinos na Música com Acido Pantera (COL)

  • 17/11 (sábado)

18h às 23h - Feira Pedra Papel Tesouro + Tenda Nikima apresenta Auss & Auss + VJ Gabiru
19h - Radiomundi (BA/BR)
Nikima apresenta Auss & Auss (BA)
Acido Pantera (COL)
Xênia França (BR/BA)

  • 18/11 (domingo)

18h às 23h - Feira Pedra Papel Tesouro e Tenda Auss & Auss + VJ Gabiru
19h - Radiomundi (BA/BR)
Muntchako (BR/BSB) 
Vox Sambou (Haiti)
ÀTTØØXXÁ (BA/BR)

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas