Filha adolescente viu pai decapitar mãe no Vale das Pedrinhas: "Está em choque"

salvador
18.05.2022, 05:00:00
(Arisson Marinho/CORREIO)

Filha adolescente viu pai decapitar mãe no Vale das Pedrinhas: "Está em choque"

Menina saiu correndo para pedir ajuda dos vizinhos e, quando voltou, viu o pai morto

A filha de 13 anos do casal que foi encontrado morto no Vale das Pedrinhas, na noite desta segunda-feira (16), está em estado de choque. Ela presenciou o pai, Wellington Ribeiro Luís, assassinar e decapitar sua mãe, Cristiane. Minutos depois, viu o pai já morto, com  marcas de facadas e tiros.

Filha única do casal, a menina contou o que viu aos policiais e foi acolhida por familiares. "Ela está em estado de choque. Ela chegou a falar conosco, contou tudo que aconteceu, por completo. Relatou que os pais brigavam quando tudo aconteceu, mas não disse o motivo", contou uma parente da mãe da menina, que pediu para não ser identificada.

A menina disse aos parentes que seus pais começaram a discutir, quando Wellington pegou uma faca e começou a golpear Cristiane. "Ela disse que Cris começou a gritar, pedido por socorro", completou a familiar. 

Quando a mãe começou a gritar, a menina correu para pedir ajudar aos vizinhos. Meia hora depois, retornou e já encontrou o pai morto, caído ao lado do corpo da mãe, segundo relato de familiares. A filha do casal não chegou a ver o momento em que seu pai foi assassinado por traficantes. "Só sabemos que ele foi espancado, levou facada e tiro ainda dentro casa", contou a mulher. 

Na manhã desta terça-feira (17), três parentes de Wellington estiveram no Instituto Médico Legal Nina Rodrigues para fazer a liberação do corpo, mas ninguém quis falar sobre o assunto. A polícia investiga se a morte de Wellington tem relação com o conhecido tribunal do crime, quando traficantes fazem justiça com as próprias mãos.

O casal será enterrado a partir das 10h desta quarta (18) no Cemitério Municipal de Brotas. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas