Filha de Martinho da Vila, a pianista Maíra Freitas aposta no samba

variedades
04.05.2011, 08:35:00
Atualizado: 04.05.2011, 08:39:27

Filha de Martinho da Vila, a pianista Maíra Freitas aposta no samba

A filha de Martinho da Vila e irmã de Mart'nália começou a tocar piano com apenas 7 anos

Camila Botto|Redação CORREIO
vida@correio24horas.com.br

Ela colocou piano no samba. Filha e irmã de sambistas, Maíra Freitas Ferreira, 25 anos, tem formação clássica, mas não deixa o samba de lado em seu primeiro CD homônimo (Biscoito Fino). A filha de Martinho da Vila e irmã de Mart'nália começou a tocar piano com apenas 7 anos. “Para mim, o piano é um instrumento completo”, revela a moça, formada  pela Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Como concertista, Maíra  já tocou em diversos lugares, entre eles, o Theatro Municipal do Rio, o Centro Cultural Banco do Brasil e a Sala Baden Powell.  A estreia oficial como cantora, no entanto, só aconteceu mais tarde. “Sempre gostei de cantar, mas informalmente. Fazia vocais, até que um dia meu pai me ouviu e me chamou para gravar uma faixa com ele”, conta. A música em questão foi Último Desejo, que fazia parte do CD de Martinho com repertório de Noel Rosa, intitulado Poeta da Cidade.

No CD de estreia, Maíra traz canções de nomes emblemáticos do samba como Nei Lopes, Paulinho da Viola e o próprio pai, mas tudo com pegada erudita. Ela divide os vocais com convidados em três faixas: com o pai, canta Disritmia, com Quinho, As Voltas,  e com Joyce Moreno, Monsieur Binot.

Compositora 
Além de cantar e tocar piano em todas as 13 faixas do álbum, Maíra faz também sua estreia como compositora. “Cada música vem de um jeito. Minhas canções falam dessas coisas de mulherzinha, sabe? Dos dramas femininos, se uma roupa vai caber, por exemplo”, conta ela, que assina três músicas do álbum: Alô?, Corselet e a instrumental Se Joga.

Além das três composições de Maíra e de grandes nomes do samba, há no disco Recado, de Gonzaguinha, e Mambembe, composta por Chico Buarque. “Foi um prazer incondicional ter músicas de grandes nomes da nossa música. São canções que eu gosto muito e nada melhor que gravar coisas que a gente gosta”, diz. “Tenho várias influências, da música clássica, passando pelo jazz e até a MPB”, completa a virginiana, nascida no dia 9 de setembro de 1986. “Tenho tudo do meu signo, sou perfeccionista demais e muito chata”, afirma, aos risos.

Quando o assunto é família, Maíra é só elogios. Filha de Martinho com Rita Freitas - que é  formada em Educação Física - Maíra é a sexta de um total de oito irmãos. Mart'nália é irmã só por parte de pai. “Meu pai sempre foi artista, já minha irmã não. Eu acompanhei o começo da carreira dela, então vê-la tocar no país todo agora é um orgulho imenso”, diz sobre a irmã, responsável pela produção e direção musical do CD. “Sou grudada com ela desde pequena, temos uma relação ótima”, completa.

Planos 
Questionada sobre o que acha de ser comparada com a irmã, embora tenha um estilo bem diferente, Maíra diz que leva tudo numa boa. “Acho que sou diferente do meu pai e da minha irmã, mas não me incomodo com as comparações. Tenho orgulho da minha família, mas claro que quero fazer meu trabalho, independente disso”, afirma.

Maíra pretende sair em turnê de divulgação do novo trabalho. “As músicas já estão tocando nas rádios de São Paulo e do Rio”, conta. Os dois estados, inclusive, são os primeiros que receberão os shows da turnê. “Gostaria muito de tocar em Salvador, já visitei a cidade acompanhando shows do meu pai e da minha irmã e adorei”, diz ela, que já tocou com a Orquestra Sinfônica da Bahia.

Marmanjos, porém, nem se animem. Maíra Freitas está apaixonadíssima. “Há cinco meses comecei a namorar o percussionista da minha irmã, o Thiago da Serrinha. Começamos a namorar exatamente quando iniciei o CD. O plano inicial era gravar músicas mais dramáticas, tipo ‘ninguém me ama’, mas o romance acabou mudando a cara do disco”, revela a carioca.

O tom descontraído é revelado a cada faixa, e sobra espaço até para tirar sarro com um ex. Na faixa Corselet, de sua autoria, Maíra canta que, para seu espanto, flagrou o noivo dentro de sua peça do vestuário. “Não quero difamar nenhum ex-namorado, foi só uma brincadeira”, desconversa, às gargalhadas.

Maíra garante que, nos próximos meses, estará focada na divulgação do álbum. “Penso em fazer outras coisas, como gravar um DVD, mas não agora. Tem que ser uma coisa de cada vez, vamos ver o que vai acontecer. Quero viver de música, disso eu sei”, diz. Se depender do talento da moça, é só o começo.

Conheça mais sobre o trabalho de Maíra:

###YOUTUBE###

###YOUTUBE###


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/aos-6-anos-chines-impressiona-por-incrivel-habilidade-cortar-cabelo/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/parentes-de-menina-morta-por-padrasto-desconfiavam-de-abusos/
Ágatha, 2 anos, foi enterrada nesta manhã; mãe não compareceu ao enterro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/acusado-de-injuria-isidorio-falta-a-audiencia-de-conciliacao-com-daniela-mercury/
Cantora ingressou com queixa-crime contra o deputado por injúria após ser chamada por ele de 'escrava de satanás'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/oscar-2019-anuncia-indicados-veja-lista-completa/
Pantera Negra, Nasce Uma Estrela, Roma e Bohemian Rhapsody são cotados a Melhor filme
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/video-mostra-desespero-de-baleado-pela-pm-em-portao-cade-minha-filha-eu-amo-ela/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/o-ultimo-suspiro-foi-no-meu-colo-diz-mae-de-menina-morta-por-padrasto/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/moradores-negam-tiroteio-com-pm-em-portao-desceram-atirando/
Polícia Militar apura ação em jogo de futebol; testemunha relata pânico
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/tentativa-de-assalto-a-carro-forte-acaba-em-tiroteio-no-engenho-velho-da-federacao/
'Muitos tiros', diz testemunha de confronto entre bandidos e seguranças
Ler Mais