Filho da prefeita de Itatim é vítima de sequestro

bahia
02.10.2012, 00:59:00

Filho da prefeita de Itatim é vítima de sequestro

Além de sequestrarem duas pessoas, criminosos ainda teriam roubado a quantia de R$ 100 mil, segundo informações da Polícia Rodoviária Federal


Midiã Noelle Santana
redacao@correio24horas.com.br


O filho da prefeita Raimunda Silva, do município de Itatim, a 208 km de Salvador, e uma mulher ainda não identificada, foram vítimas de um sequestro ocorrido na noite da segunda-feira (1º), na cidade Santa Terezinha, segundo informações das Polícias Rodoviárias Federais de Milagres e Itaberaba. Segundo relataram à polícia, bandidos surpreenderam três homens e uma mulher depois de eles terem sacado cerca de R$ 100 mil de um banco. O filho da prefeita e a mulher foram levados como reféns.

“Estava em ronda quando um senhor pediu ajuda e disse que tinha acabado de ser assaltado. Fizemos as buscas imediatamente, inclusive com a presença da vítima que nos parou. Rodamos diversas rodovias federais e estaduais e contamos com apoio da PRF e da Polícia Militar de Itaberaba”, disse o policial Hamilton, do posto da PRF de Milagres. 

Ainda de acordo com o policial, as vítimas foram encontradas por volta das 22h em Feira de Santana. Já o veículo utilizado no crime foi abandonado próximo a BR-242, no município de Rafael Jambeiro. “Quem vai cuidar das investigações é o delegado Adilson Bezerra, da delegacia de Santa Terezinha, já que o assalto foi no trecho da cidade”. 

Segundo ocorrência registrada na PRF de Itaberaba, o dinheiro roubado seria usado em uma campanha eleitoral e a mulher sequestrada seria tesoureira. Não há informações sobre o estado de saúde do filho da prefeita, identificado pela polícia apenas como Nilton, e da outra vítima. Os assaltantes não haviam sido localizados até a meia-noite.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas