Filho de Raniel apresenta melhora após ser internado na UTI

esportes
26.03.2020, 19:01:00
Atualizado: 26.03.2020, 19:02:08
Filho de Raniel, do Santos, está em UTI (Foto: Santos/Divulgação)

Filho de Raniel apresenta melhora após ser internado na UTI

Felipe, de 9 meses, foi levado ao hospital após se afogar em piscina

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Felipe, filho do atacante Raniel, do Santos, está internado na UTI desde a última segunda-feira (23) após se afogar em uma piscina. O quadro clínico da criança, de apenas nove meses de idade, evoluiu nesta quinta-feira (26). De acordo com a assessoria de imprensa do jogador, "os batimentos cardíacos estão normalizados".

Além dos batimentos, a nota afirma que a "saturação está em 100% e o cansaço não existe mais". A assessoria do atleta também agradeceu as mensagens de apoio que a família de Raniel está recebendo. "Sigam orando e desejando força para o caçula."

Aline, esposa de Raniel, usou as redes sociais para informar que a sedação do filho está sendo diminuída para que ele possa acordar. Ela também relatou que Felipe teve uma "noite excelente" e vem reagindo bem.

O Santos publicou uma nota desejando força para o atleta e seus familiares. "Felipe, filho do nosso atacante Raniel e de sua esposa Aline, sofreu um acidente doméstico e se encontra na UTI. Desejamos sua recuperação o mais rápido possível e convocamos, também, a nação santista a enviar energias positivas ao nosso atleta. Força, família. Estamos com vocês!".

Raniel está no Santos desde o fim do ano passado. O jogador defendeu o São Paulo em 2019 e chegou ao clube da Vila Belmiro como parte da negociação envolvendo o meia Vitor Bueno, que estava emprestado ao time tricolor. O São Paulo repassou os 50% dos direitos econômicos que detinha de Raniel - Cruzeiro continua com a outra metade - e recebeu 50% sobre Vitor Bueno dos 60% que os Santos possuía. O meia assinou um contrato até o final de 2023.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas