Filme "O Bem Amado" estreia nesta sexta-feira (23) nos cinemas

entretenimento
19.07.2010, 09:15:00

Filme "O Bem Amado" estreia nesta sexta-feira (23) nos cinemas

Obra foi dirigida por Guel Arraes e produzida por Paula Lavigne. Leia mais!

Redação CORREIO

Odorico Paraguaçu, um dos personagens mais marcantes da teledramaturgia nacional está de volta, agora nas telas dos cinemas com o filme O Bem Amado, que estreia dia 23 de julho, nos cinemas.

Prefeito famoso pelas prosopopéias e frases feitas, tem como meta prioritária de sua administração a inauguração de um cemitério na cidade de Sucupira. Porém, por falta de defunto, ele nunca consegue realizar seu sonho, pelo menos enquanto vivo. Na pele do personagem que é uma referência cômica de político corrupto está o veterano Marco Nanini.

Baseado na obra de Dias Gomes, o filme promete repetir o sucesso de uma das obras mais ricas e divertidas da televisão brasileira, recontando para o público as histórias e “causos” do prefeito. A ação se passa no início dos anos 60 e é narrada por Neco Pedreira (Caio Blat), um jovem que se apaixona por Violeta (Maria Flor), a filha do prefeito, moça moderna que estuda na capital. Os dois vivem um romance proibido enquanto Odorico sonha em abrir o cemitério municipal.

O prefeito arma situações para que alguém morra, inclusive importando um moribundo que não morre e contratando Zeca Diabo (José Wilker), um matador responsável pelo assassinato de seu antecessor.


Odorico (Marco Nanini) e as irmãs Cajazeiras (Zezé Polessa, Andréa Beltrão e Drica Moraes)

Dirigido por Guel Arraes e produzido por Paula Lavigne, O Bem Amado, orçado em R$ 9,8 milhões, traz personagens que marcaram uma geração como as irmãs Cajazeiras, interpretadas por Andréa Beltrão, Drica Moraes e Zezé Polessa, o funcionário público Dirceu Borboleta (Mateus Nachtergale) e o jornalista Vladimir, principal opositor de Odorico e dono do único jornal da cidade, interpretado por Tonico Pereira. Também estão no elenco Bruno Garcia, como Ernesto, o moribundo que não morre, e Edmilson Barros como Chico Moleza.

Exibida em 1973, O Bem Amado é um dos marcos da televisão. Foi o primeiro folhetim a mostrar personagens e histórias genuinamente brasileiras, a primeira novela nacional em cores, a primeira produção da Globo exibida no exterior e o primeiro trabalho de Lima Duarte como ator da emissora. Em razão do grande sucesso, O Bem Amado deu origem a uma série homônima, que foi ao ar entre 1980 e 1984, com 220 episódios.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/guarda-municipal-identifica-e-investiga-agente-gravado-armado-no-furdunco-veja-video/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/minuto-de-carnaval-e-preciso-se-cuidar-para-aguentar-todos-os-dias-de-folia/
Chefe de reportagem Jorge Gauthier dá dicas para ficar atento à saúde
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rui-costa-se-nao-vai-ajudar-pelo-menos-me-deixe-trabalhar-em-paz/
Governador falou em "perseguição" do governo federal
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/minuto-de-carnaval-hoje-tem-o-ultimo-ensaio-do-cortejo-afro-no-pelourinho/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/confira-os-melhores-momentos-de-vitoria-0x0-freipaulistano/
Leão segue invicto em 2020 e na zona de classificação
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/minuto-de-carnaval-hoje-tem-furdunco-e-banho-de-mar-a-fantasia/
O chefe de reportagem Jorge Gauthier apresenta quadro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/minuto-de-carnaval-hoje-tem-fuzue-e-festa-no-mar/
O chefe de reportagem Jorge Gauthier apresenta quadro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/diretora-baiana-fala-sobre-nu-artistico-de-mulheres-com-mais-de-60-muito-amor/
No documentário Nuas e Cruas, Mariana Ayumi, 21, reflete sobre corpo, nudez e feminismo
Ler Mais