Final da Libertadores será no estádio Santiago Bernabéu, em Madri

esportes
29.11.2018, 15:43:00
Atualizado: 30.11.2018, 11:33:08
Estádio Santiago Bernabéu é a casa do Real Madrid, na Espanha (Gerard Julien / AFP)

Final da Libertadores será no estádio Santiago Bernabéu, em Madri

River e Boca se enfrentarão na capital espanhola, dia 9 de dezembro

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A final da Copa Libertadores da América, entre River Plate e Boca Juniors, será em Madri, capital da Espanha. A decisão foi anunciada pela Conmebol na noite desta quinta-feira (29), horas depois do jornal argentino La Nación informar em primeira mão.

O palco será o estádio Santiago Bernabéu, do Real Madrid, e a data será 9 de dezembro, às 16h30 (horário da Bahia). O patrocinador do clube espanhol também revelou a novidade em seus redes sociais.

As negociações com a capital da Espanha teriam começado na quarta-feira (28), um dia depois do presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, ter se reunido com os dirigentes do River e do Boca. Na ocasião, ficou decidido que a partida não seria realizada na Argentina.

Doha, no Catar, surgiu como forte candidata, mas a distância do país no Oriente Médio para a Argentina e a logística pesaram contra. Madri tem a seu favor a grande quantidade de voos para a Argentina e também de cidadãos argentinos: 350 mil hermanos residem na Espanha, sendo 90 mil a 100 mil na capital espanhola, de acordo com dados da embaixada da Argentina no país.

Boca Juniors e River Plate empataram o primeiro jogo da decisão na Bombonera, casa do Boca, por 2x2. O segundo jogo teria sido realizado no Monumental de Núnez no dia 24, mas acabou adiado porque o ônibus com o elenco do Boca foi apedrejado por torcedores do River na chegada ao estádio. Devido ao empate na ida, quem vencer será campeão. Um novo empate, seja qual for o placar, levará a decisão para a prorrogação e, se necessário, pênaltis.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas