Finalista dos 800m em Los Angeles-1984 morre por coronavírus

esportes
08.04.2020, 13:38:39
Atualizado: 08.04.2020, 13:44:07
(Foto: Fidal/Divulgação)

Finalista dos 800m em Los Angeles-1984 morre por coronavírus

Italiano Donato Sabia tinha 56 anos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Comitê Olímpico Italiano (CONI) informou, nesta quarta-feira (8), a morte de Donato Sabia, de 56 anos, duas vezes finalista olímpico na prova dos 800 metros. Segundo a entidade, o ex-atleta esteve internado por "alguns dias" na unidade de terapia intensiva no hospital San Carlo, em Potenza, na região italiana do sul de Basilicata.

Campeão europeu indoor em 1984, Sabia terminou em quinto na final dos 800 metros em Los Angeles no mesmo ano, prova vencida pelo brasileiro Joaquim Cruz, e foi sétimo em Seul, quatro anos depois. Segundo o CONI, Sabia é o primeiro finalista olímpico no mundo vítima do coronavírus.

A federação italiana de atletismo (Fidal) descreveu Sabia como "um atleta extraordinariamente talentoso, mas, acima de tudo, uma pessoa gentil." Segundo a entidade, o pai do ex-atleta também morreu de covid-19 alguns dias antes.

"É uma tragédia dentro de uma tragédia", disse Alfio Giomi, presidente da Fidal, em um comunicado. "Donato era uma pessoa que você não poderia não amar".

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas