Flamengo bate o Barcelona-EQU pela Copa Libertadores

esportes
11.03.2020, 23:25:00
Atualizado: 11.03.2020, 23:25:51
Gabigol marcou um dos tentos do Fla no jogo (Carl de Souza/ AFP)

Flamengo bate o Barcelona-EQU pela Copa Libertadores

Rubro-negro não teve dificuldade no Maracanã e ganhou por 3x0

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Depois de vencer o Junior Barranquilla fora de casa, pela Copa Libertadores da América, o Flamengo recebeu o Barcelona, do Equador, nesta quarta-feira (11), no Maracanã, e fez a alegria de seus torcedores. Vitória por 3x0 e 100% de aproveitamento na competição. 

O primeiro gol rubro-negro saiu aos 37 minutos do primeiro tempo, quando o meia Éverton Ribeiro apareceu pela ponta direita e cruzou com perfeição na cabeça de Gustavo Henrique. O zagueiro testou forte e correu para comemorar. 

O segundo tento veio logo depois, aos 44. Após cobrança de escanteio de Arrascaeta, Léo Pereira cabeceou e a bola bateu no braço de Jonatan Alvez. Pênalti marcado e bem convertido por Gabriel. 

Depois do intervalo, o espetáculo continuou. Com só sete minutos de bola rolando, Arrascaeta bateu escanteio e, dessa vez, Bruno Henrique se antecipou à defesa e testou para o fundo da rede. 

Outros jogos

Quem também fez a festa foi o São Paulo. O tricolor paulista se recuperou da derrota sofrida diante do Binacional na estreia e derrotou o a LDU por 3x0. 

Reinaldo abriu o placar aos 13 minutos, em cobrança de pênalti. Um minuto depois, o próprio Reinaldo apareceu e mandou para área. Daniel Alves apareceu livre para marcar. No segundo tempo, aos 15, Igor Gomes fechou a conta para o tricolor. 

Também nesta quarta, o Athletico-PR conheceu sua primeira derrota na Libertadores. O time brasileiro visitou o Colo-Colo, no Estádio Nacional de Santiago, no Chile, e foi derrotado por 1x0, gol de Mouche, pela segunda rodada do Grupo C.

Com o resultado, o grupo ficou embolado, com todos os quatro times empatados com uma vitória e uma derrota cada. Com um gol de saldo, o Jorge Wilstermann, da Bolívia, é o líder, enquanto Athletico e Peñarol, do Uruguai, dividem a segunda colocação com saldo zero.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas