Flora Matos reúne nomes promissores da cena do rap em Salvador; veja atrações e valores

correio afro
27.05.2022, 10:05:00
(Foto: Divulgação)

Flora Matos reúne nomes promissores da cena do rap em Salvador; veja atrações e valores

Show da rapper brasiliense Flora Matos em Salvador acontece no próximo sábado (28)

Está chegando a hora: Flora Matos vai tocar em Salvador. O show da rapper brasiliense acontece no próximo sábado (28) e também será marcado por abrir o palco para vários e várias artistas negras da cena de soteropolitana. O show de Flora Matos é inédito e faz parte da turnê de seu novo álbum, "Flora de Controle". 

 Na abertura do evento a Nova Estação lançará o projeto CEN4 URBAN4 SSA que tem como objetivo ressaltar nomes promissores do rap soteropolitano, como Italo X Cozy, DJ DMT, Bratz, Jade Lu, Udi Santos, Suh, Amanda Rosa, Evylin e Fiteck. Os Ingressos custam  R$ 60 (meia) e R$ 120 (inteira) e estão à venda neste link.

No show, Flora leva a experiência do disco para o palco, onde som e imagem se encontram, dialogando na mesma frequência. Acompanhada da DJ Naomi, a artista apresenta o repertório das 8 faixas inéditas com músicas feitas pras pistas, mas também repleta de reflexões amorosas pelo caminho, além dos clássicos dos discos anteriores. 

Produzido e lançado ao final de 2021, o álbum conta com três versões diferentes da faixa "Chá de Maçã", resultado do desafio que Flora lançou na internet convidando produtores para o processo criativo do disco. 

"É como se os produtores fossem designers de moda, vestissem a música cada um de uma forma muito diferente da outra. Foi um laboratório muito interessante", disse a cantora.

Já na abertura do evento com o projeto CEN4 URB4N4 SSA, o público poderá conferir grandes nomes locais como a atriz, poeta, cantora e MC Amanda Rosa; a multiartista Bratz que viaja por vertentes do hip hop e plug; a Dj DMT com seu arsenal de tracks, performances e charme peculiar; a rapper Evylin apresentando seus flows e composições; o cantor e compositor Fiteck que traz influências da música da cultura preta com a música popular brasileira.

(Foto: Divulgação)

Também sobem ao palco a cantora Jade Lu com músicas que passeiam pelo RAP, MPB e jazz numa atmosfera leve e reflexiva; a artista polivalente Suh que mistura arte, música e história e Udi Santos com sua musicalidade instigantes e identitária que mistura rap, trap, drill e pagode baiano.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas