Fórum na Fonte Nova discute futebol feminino baiano e brasileiro

esportes
12.07.2019, 14:47:31
Atualizado: 12.07.2019, 14:49:18
(Arisson Marinho/CORREIO)

Fórum na Fonte Nova discute futebol feminino baiano e brasileiro

Inscrições para evento estão esgotadas

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Reunindo três palestras com especialistas em estudos no futebol feminino brasileiro, o Fórum Esportivo 2019 acontece no próximo sábado (13), no auditório 2 da Arena Fonte Nova. O evento é gratuito.

Os responsáveis por conduzir os debates serão o professores Wilson Manoel, da Faculdade 2 de Julho e Enny Moraes e Jânio de Castro, ambos da UNEB.

O evento começa às 7h30 com café da manhã e apresentação musical. Logo depois, Wilson Manoel inicia a palestra chamada "Futebol Feminino: as interfaces do crescimento". Segundo o professor, a ideia é apresentar "um olhar voltado para a comunicação entre os integrantes do sistema: Clubes, Federações, Atletas, Mídias e Patrocinadores". 

Já às 9h, a professora Enny Moraes, doutora pela PUC-SP e pesquisadora na area de História e Memória da Mulher no Esporte, vai palestrar sobre o passado do futebol feminino na Bahia. A ideia da professora é mostrar um panorama apontando que o futebol feminino não se tornou realidade apenas na geração de Marta e companhia. 

A última palestra será do professor e radialista Jânio de Castro, entitulada como "Dimensões territoriais e diversificação das práticas esportivas: desafios e possibilidades".

O Fórum Esportivo também conta com coquetel e tour pela Fonte Nova. As inscrições já estão esgotadas e  a programação completa está disponível em www.doity.com.br/forum19

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas