Garçonete que ajudou idoso ganha bolsa de universidade

mundo
18.03.2018, 20:11:27
Atualizado: 18.03.2018, 20:37:49

Garçonete que ajudou idoso ganha bolsa de universidade

Ela foi fotografada ajudando um idoso a cortar a carne que estava em seu prato porque a coordenação motora dele está afetada
Foto: Reprodução

A jovem americana de 18 anos Evoni Williams trabalha como garçonete em uma unidade da Texas Waffle House em La Marque e, há algumas semanas, teve uma simples atitude de bondade que mudou sua vida. Ela foi fotografada ajudando o cliente Adrien Charpentier, um idoso, a cortar a carne que estava em seu prato porque a coordenação motora dele está afetada.

"Eu não sei seu nome, mas eu ouvi esse homem idoso dizendo que suas mãos não funcionam muito bem. Ele também tinha problemas para respirar. Sem hesitar, ela pegou o prato dele e começou a cortar o presunto que estava em seu prato. Isso pode parecer pouco, mas para ele, eu tenho certeza que foi algo enorme", escreveu Laura na publicação.

"Eu estou muito agradecida por ver esse ato de bondade e preocupação logo nas primeiras horas do meu dia, quando tudo no mundo parece tão negativo. Se todos nós pudéssemos ser como essa garçonete e oferecer alguma ajuda...", concluiu ela.

A publicação viralizou e chamou a atenção de Bobby Hocking, prefeito da cidade de La Marque, que dedicou uma homenagem a Evoni Williams no dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher.

Mas não parou por aí: de acordo com a emissora local Khou TV, a boa ação de Evoni chegou aos ouvidos da equipe da Texas Southern University, que ofereceu uma bolsa de US$ 16 mil (cerca de R$ 52 mil) e disponibilizou um conselheiro para ajudar a jovem a entrar na universidade. Emocionada, Evoni agradeceu e disse: "Essa boa ação é algo que eu faria em qualquer outro dia".