Globo está proibida de entrar no estádio da final da Libertadores

esportes
24.11.2021, 18:01:00
Atualizado: 24.11.2021, 18:04:29
Estádio Centenário já recebeu a final da Sul-americana entre RB Bragantino e Athletico Paranaense (Marcelo Campi)

Globo está proibida de entrar no estádio da final da Libertadores

Emissora foi punida pela Conmebol após 'exibição pirata' de conteúdo exclusivo da Confederação

Por determinação da Conmebol, todos os profissionais que trabalham na TV Globo estão proibidos de entrarem no Estádio Centenário, em Montevidéu, onde acontece a final da Taça Libertadores entre Flamengo e Palmeiras, às 17h desse sábado (27). 

O veto da Confederação veio após a emissora brasileira transmitir um 'conteúdo pirata' em sua programação. Trata-se da entrevista coletiva do treinador do Palmeiras, Abel Ferreira, após a classificação contra o Atlético-MG, na semifinal da Libertadores, que foi transmitida no programa Troca de Passes, do Sportv.

Segundo as informações publicadas pelo portal 'Notícias da TV', as coletivas de imprensa só podem ser exibidas ao vivo através do canal da própria Conmebol, que é vendido separadamente aos pacotes de TV a cabo. A Globo não tem os direitos oficiais de transmissão da competição neste ano. Além da confederação, o grupo Disney (nos canais fechados) e o SBT (canais abertos) têm o direito de mostrar o conteúdo.

O portal disse ainda que os profissionais da Globo já tinham sido barrados desde a final da Sul-Americana, que aconteceu no sábado (20), entre RB Bragantino e Athletico Paranaense. A determinação da Conmebol não foi bem aceita dentro da Globo.

 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas