Governo anuncia linha de crédito de R$ 40 bi para pequenas e médias empresas

brasil
27.03.2020, 12:00:44
Atualizado: 27.03.2020, 12:30:31

Governo anuncia linha de crédito de R$ 40 bi para pequenas e médias empresas

Quem aderir não poderá demitir funcionários durante dois meses

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O governo federal anunciou nesta sexta-feira (27) uma linha de crédito emergencial para ajudar pequenas e médias empresas durante a crise do coronavírus. O programa irá financiar salários pelo período de dois meses e irá disponibilizar, no máximo, R$ 40 bilhões, sendo R$ 20 bilhoes por mês.

Anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, o programa também define que o valor máximo recebido por funcionário é de até dois salários mínimos.

Ou seja, quem já tem salário de até dois salários mínimos continuará a ter o mesmo rendimento. Entretanto, para os funcionários que ganham acima deste valor, o financiamento ficará limitado ao teto da linha de crédito.

Também foi informado que quem aderir ao crédito não poderá demitir ninguém durante os dois meses.

Ainda de acordo com Campos Neto o financiamento estará disponível para empresas com faturamento de R$ 360 mil e R$ 10 milhões por ano e o dinheiro será exclusivo para folha de pagamento.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas