Governo aposta em chuva artificial para tentar aliviar seca na Bahia

bahia
15.05.2012, 13:45:00

Governo aposta em chuva artificial para tentar aliviar seca na Bahia

Bombardeamento de nuvens pode ser alternativa de convivência com a seca

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Da Redação


A indução de chuva localizada pode ser uma alternativa para aliviar os prejuízos causados pela seca no Nordeste. A sugestão iria produzir água em potencial nas nuvens para causar chuva e acelerar seu processo natural.

Um reunião com o diretor-geral do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), Júlio Mota, a diretora da empresa ModClima, Majory Imai, e presidentes de sindicatos rurais, o secretário da Agricultura, Eduardo Salles discutiu sobre o avanço na elaboração de um projeto-piloto, no valor de R$ 200 mil, para o mapeamento das regiões do Piemonte da Chapada Diamantina e sudoeste.

Salles, afirmou que se o projeto-piloto for bem sucedido, essa primeira etapa poderá avançar até o mês de setembro. “Não queremos criar uma falsa expectativa, mas é uma experiência que não podemos deixar de fazer num momento como esse”, explicou.

O procedimento consiste na pulverização controlada de gotas, por meio de aeronaves equipadas com tanques de 300 litros de água potável, que fazem as nuvens concentrar alto índice de umidade e gerar a chuva.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas