Gracyanne Barbosa chora durante treino pesado de musculação

entretenimento
08.02.2017, 19:41:00
Atualizado: 08.02.2017, 19:55:12

Gracyanne Barbosa chora durante treino pesado de musculação

Personal trainer garante que atividade é segura e tranquiliza fãs da modelo

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Gracyanne Barbosa compartilhou um vídeo inusitado no seu Facebook. A modelo postou o momento em que chora durante o treino de musculação que faz em São Paulo, onde mora. Na rede social, a mulher do cantor Belo publicou: "Treino de pernas com Janu", que vem a ser seu personal trainer.

Logo, seus seguidores se manifestaram com comentários na postagem: “Agonia da porra...enquanto isso alguns vão pra academia pra ficar no celular e olhando desenhando as pessoas”, disse um internauta. 

“Gente, mesmo com a musculatura reclamando, ela teima! Não pode! E o "personal" ainda estimula! Depois, quando vierem os problemas... vamos a gastar com ortopedista, fisioterapia, medicação é possível intervenção cirúrgica! Esporte é ótimo, porém devemos "ouvir" o limite de nosso corpo!”, escreveu outro.

Ao site EGO, Janu explicou que sua aluna não está sofrendo porque puxou muito peso. Ele disse que Gracyanne faz um treino que diminuiu sua carga. O que a faz sofrer é o pouco intervalo entre a execução dos movimentos. "Ao invés dela descansar três ou cinco minutos entre um movimento e outro, ela descansa só 30 ou 40 segundos. Isso dependendo do exercício", disse Janu.

Segundo o personal trainer, o treino nesse formato ajuda a proteger as articulações, evitando a sobrecarga. "Ela é super bem preparada", garantiu. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas