Grêmio goleia e deixa o Cruzeiro em situação delicada na tabela

esportes
08.09.2019, 16:14:54
Atualizado: 08.09.2019, 16:23:22
Grêmio bateu a Raposa no Estádio Independência (João Guilherme / Grêmio FBPA)

Grêmio goleia e deixa o Cruzeiro em situação delicada na tabela

Time gaúcho entra na briga pelo G6

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Com direito a gol de letra de Diego Tardelli e inspirado nas grandes atuações de Alisson e Everton, o Grêmio derrotou o Cruzeiro por 4 a 1, na manhã deste domingo (8), no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 18.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Grêmio soma 25 pontos e começa a entrar na briga por uma vaga no G6, a zona de classificação para a Libertadores. O Cruzeiro, por outro lado, continua em situação delicada. A equipe mineira segue na 16ª colocação, com 18 pontos, logo acima da zona de rebaixamento.

Cruzeiro e Grêmio fizeram um grande primeiro tempo. O time celeste começou melhor e criou boa oportunidade logo aos sete minutos. Robinho acionou David. O atacante cruzou para Fred, que cabeceou para grande defesa de Paulo Victor. A resposta veio com um golaço. Aos 18, Galhardo invadiu a área e deu para Diego Tardelli. O atacante tocou de letra, no fundo das redes.

O time mineiro sentiu o gol e deu espaço para o Grêmio fazer o segundo. Alisson aproveitou o erro de Thiago Neves, tabelou com Everton e chutou cruzado para ampliar. O ex-jogador do Cruzeiro optou por não comemorar em respeito à sua ex-equipe.

O Cruzeiro se recuperou do baque e voltou a ameaçar. Após confusão dentro da área gremista, Henrique acabou derrubado por Michel. O árbitro assinalou pênalti. Fred foi para a cobrança e marcou. Paulo Victor ainda tocou na bola, mas não conseguiu fazer a defesa.

O Grêmio voltou ainda melhor no segundo tempo e não demorou a envolver o time do Cruzeiro. Aos 18 minutos, David Braz recuperou a bola na defesa e acionou Matheus Henrique. O volante deixou para Everton, que passou como quis por Cacá e chutou forte para superar o goleiro Fábio.

O mesmo Everton fez o quarto, aos 31 minutos, em jogada individual, quando driblou o zagueiro Léo e diante de Fábio não desperdiçou a oportunidade.

Antes do apito final, o Grêmio ainda teve a chance de fazer o quinto, mas Fábio pegou o chute de Pepê. Pelo lado do Cruzeiro, Fred obrigou Paulo Victor a fazer um milagre.

Essa foi a segunda derrota do time cruzeirense sob o comando de Ceni, que na última quarta-feira (4) também amargou um duro revés ao ver a sua equipe ser batida por 3 a 0 pelo Internacional, no Beira-Rio, pelo confronto de volta da semifinal da Copa do Brasil.

Na próxima rodada, o Cruzeiro enfrenta o Palmeiras no sábado (14), às 19h, no Allianz Parque, em São Paulo. No domingo (15), o time comandado por Renato Gaúcho recebe o Goiás, às 16h, na Arena Grêmio, em Porto Alegre.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas