Horóscopo de sábado: Sempre teremos o demônio da indolência a nos tentar

oscar quiroga
10.04.2021, 05:01:00

Horóscopo de sábado: Sempre teremos o demônio da indolência a nos tentar


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Data estelar: Vênus e Júpiter em sextil; Lua quase Nova em Áries

Bem-estar, viver bem, conforto, segurança, confiança; chega uma hora em que a alma humana não suporta existir no meio de limitações, reclamando para si o direito de uma vida menos ordinária. Se o anseio existe é porque as condições para se conquistarem essas virtudes também estão dadas. Porém, sempre teremos o demônio da indolência a nos tentar para que essas condições sejam esperadas passivamente, como um presente divino pela nossa beleza, pela grandeza de nossa existência. Beleza e grandeza são potencialidades ocultas em todo ser humano, mas que continuarão ocultas até se tomarem as iniciativas de as expressar intencionalmente. Só então, pela prática e pela sustentação dela, o ser humano compreende que tudo que pretende conquistar, precisa, antes de tudo o mais, ser oferecido ao mundo e às pessoas com que se relaciona.

ÁRIES: Tudo que sobe, deve continuar subindo, e convivendo com o abismo que aumenta simultaneamente. Por que a alma humana deveria confiar mais em que tudo daria errado? Por que a desgraça parece sempre mais certa do que a Graça?

TOURO: Apesar de todos os pesares, interiores e exteriores, é muito mais provável que tudo dê certo do que o contrário. Por que será que a alma confia com mais facilidade em que tudo vai dar errado? Por que? Não faz sentido.

GÊMEOS: Com quantos dilemas se força o caráter humano? Ninguém sabe ao certo dizer o que é evoluir, mas se pode perceber que há pessoas que vivem melhor com elas mesmas, do que outras, que parecem detestar tudo que elas são.

CÂNCER: Agir com firmeza e na hora certa deixa as outras pessoas confusas, suspeitando de que você as tenha deixado para trás. Provavelmente, isso mesmo aconteceu, mas resultou de você ter andado mais rápido.

LEÃO: Ação resolve, a falta de ação alimenta a inércia, e nessa todos perdem e se desentendem, porque todo mundo argumenta, mas só para ganhar tempo, evitando reconhecer a própria falta de ação. Só a ação efetiva resolve.

VIRGEM: Dando tudo certo, por que se complicar? Parece insensato, mas a alma criativa faz isso mesmo, se complicar, porque no meio das encrencas o prazer da criatividade faz tudo valer a pena. Ser ou não ser? A velha questão.

LIBRA: De repente, alívio porque tudo tem solução, e no momento seguinte, apreensão de novo, porque o cenário do mundo está complicado. Sim, é um momento muito complexo este com que sua alma precisa lidar, interior e exteriormente.

ESCORPIÃO: Busque o regozijo e o bem-estar, mas sua busca, para ser bem-sucedida, isto é, sem efeitos colaterais, precisa ser pura de intenção. Seu coração há de ser muito claro sobre a real fonte de regozijo e bem-estar.

SAGITÁRIO: Há coisas que não tem como resolver agora, precisam ser toleradas da melhor maneira possível, porque, também, ao mesmo tempo há muita coisa boa em marcha. Por isso, não será grande sacrifício, apenas viver.

CAPRICÓRNIO: O nível de transformação que se opera em você é enorme e profundo, e valerá a pena o administrar com sabedoria e alegria, porque você emergirá do outro lado com uma presença mais marcante, ocupando seu lugar.

AQUÁRIO: Certos hábitos se repetem, mesmo não sendo tão satisfatórios seus resultados, como outrora. Quando isso é percebido, os velhos hábitos se transformam nos vícios atuais. Aí chega a hora de mudar, não importa o que custar.

PEIXES: Entre teimar em sua visão e aceitar a visão diferente que as pessoas têm sobre as questões em pauta, não é necessário tomar uma decisão exclusiva, mas tentar misturar as duas da melhor maneira possível.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas