Investigado por agressão, atacante Clayson fica fora de jogo do Bahia

e.c. bahia
26.01.2022, 19:03:00
Clayson vem treinando normalmente no Bahia, mas aguarda conclusão de investigação sobre agressão (Foto: Rafael Machaddo/EC Bahia)

Investigado por agressão, atacante Clayson fica fora de jogo do Bahia

Tricolor aguarda conclusão do inquérito policial para definir situação do jogador

Fora da estreia do time principal do Bahia na temporada, durante confronto com o Doce Mel, na noite desta quarta-feira (26), pelo Campeonato Baiano, o atacante Clayson ainda aguarda a definição sobre o seu futuro no tricolor. 

De acordo com o Bahia, o atacante está sendo preservado dos jogos enquanto o inquérito policial no qual ele foi acusado de agressão contra uma mulher não é concluído. A decisão foi tomada em comum acordo entre clube e jogador. 

Clayson voltou ao Bahia após ter sido emprestado pelo Cuiabá na temporada passada. O atacante participou normalmente da pré-temporada, sendo utilizado pelo técnico Guto Ferreira no jogo-treino com o Camaçari. O contrato dele com o tricolor vai até o final de 2022. 

A acusação de agressão aconteceu no final do ano passado, quando ele ainda estava no Cuiabá. A vítima teria sido uma dançarina. Em depoimento, a mulher de 22 anos contou que estava com Clayson, outros dois homens e duas mulheres em um motel. Em determinado momento, o jogador teria quebrado uma garrafa e a agredido. 

A vítima então teria ido para um hotel onde tentou suicídio cortando o pescoço e ingerindo remédios. Ela foi socorrida para o Hospital Municipal de Cuiabá. Durante as investigações, algumas testemunhas negaram que o atacante tenha cometido as agressões citadas. 

Na época do ocorrido, o Cuiabá soltou nota onde informou que Clayson havia confessado a agressão O jogador chegou a ser afastado do elenco e devolvido ao Bahia. Dias depois, Clayson usou as redes sociais para negar o suposto crime e garantiu que é inocente.

"Clayson é um jogador que tem contrato com o clube. Estamos aguardando sobre a realização do inquérito. A partir daí vamos analisar a situação do atleta a os impactos que isso causa no clube, como qualquer tema sensível merece", explicou o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, durante a apresentação do planejamento do Esquadrão para a temporada.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas