IR: consulta do 7º lote com 7,8 mil baianos será aberta segunda (10)

economia
09.12.2018, 10:40:42
Atualizado: 09.12.2018, 10:45:58
(Foto: Agência Brasil)

IR: consulta do 7º lote com 7,8 mil baianos será aberta segunda (10)

Saiba como consultar

Será aberta nesta segunda-feira (10), pela Receita Federal, a consulta ao sétimo lote de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (IRPF) de 2018

Esse lote abrange também restituições de exercícios anteriores. De acordo com a assessoria da Receita Federal, só na Bahia, serão creditadas restituições para 7.821 contribuintes, totalizando R$ 15.658.326,45. Já o crédito bancário está previsto para o dia 17 de dezembro. A maior parte é relativa ao exercício 2018, que representa 4.885 contribuintes, num valor total de R$ 9.378.583,97.

O contribuinte pode consultar se teve a sua restituição liberada através de três formas: pela página da Receita Federal do Brasil na Internet (http://idg.receita.fazenda.gov.br); pelo telefone 146 e pelo aplicativo "Receita Federal - Pessoa Física", disponível para smartphones e tablets.


Além disso, em relação aos lotes residuais, também serão creditados os seguintes valores para o estado da Bahia:

- Lote da declaração 2017: 1.190 contribuintes, totalizando R$ 2.671.383,06; 
- Lote da declaração 2016: 794 contribuintes, totalizando R$ 1.769.412,21; 
- Lote da declaração 2015: 515 contribuintes, totalizando R$ 1.113.022,38; 
- Lote da declaração 2014: 380 contribuintes, totalizando R$ 589.320,22; 
- Lote da declaração 2013: 42 contribuintes, totalizando R$ 105.154,71; 
- Lote da declaração 2012: 7 contribuintes, totalizando R$ 12.799,13; 
- Lote da declaração 2011: 4 contribuintes, totalizando R$ 14.798,07; 
- Lote da declaração 2010: 3 contribuintes, totalizando R$ 3.552,27; 
- Lote da declaração 2009: 1 contribuintes, totalizando R$ 300,43; 

Malha
Ao fim do processamento das declarações do IRPF deste ano, 30.779 baianos ficaram retidos na malha. O número é menor do que o do ano passado, quando 33.466 caíram na malha fina.

A quantidade de declarações retidas hoje em malha fiscal corresponde a 2,62% do total de 1.172.546 declarações do IRPF 2018 apresentadas, na Bahia, neste ano. Desse conjunto de declarações retidas em malha, 71,69% apresenta imposto a restituir, 23,99% tem imposto a pagar e 4,32% não apresenta imposto a restituir ou a pagar.

Ainda segundo a Receita Federal, as principais razões pelas quais as declarações no estado foram retidas foram a omissão de rendimentos do titular ou seus dependentes (17.765 casos); despesas médicas (9.252 declarações); divergências entre o IRRF informado na declaração e o informado em DIRF (8.468 vezes); dedução de previdência oficial ou privada, dependentes, pensão alimentícia e outras (6.359 declarações). 

Autorregularização
Para descobrir se a declaração está na malha fina, os contribuintes podem acessar o Extrato de Processamento da DIRF no sítio da Receita Federal na internet. Para acessar o extrato da declaração, é preciso usar o código de acesso gerado na própria página do órgão ou certificado digital emitido por autoridade habilitada.

Ao acessar o extrato, é importante prestar atenção na seção "Pendências". É nessa seção que o contribuinte pode identificar se a declaração está retida em malha fiscal ou se há alguma outra pendência que possa ser regularizada por ele mesmo.

Se a declaração estiver retida em malha fiscal, nessa seção, o contribuinte encontra um link para verificar com detalhes o motivo da retenção e consultar orientações de procedimentos. Constatando erro na declaração apresentada, o contribuinte pode regularizar sua situação apresentando declaração retificadora.

Caso não exista erro na declaração apresentada, o contribuinte pode, desde que esteja em posse de todos os documentos comprobatórios, optar por aguardar intimação ou agendar pela internet uma data e local para apresentar os documentos e antecipar a análise de sua declaração pela Receita Federal.

O agendamento para declarações do exercício 2018 começa a partir de janeiro de 2019.
 


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/video-mostra-desespero-de-baleado-pela-pm-em-portao-cade-minha-filha-eu-amo-ela/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/o-ultimo-suspiro-foi-no-meu-colo-diz-mae-de-menina-morta-por-padrasto/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/moradores-negam-tiroteio-com-pm-em-portao-desceram-atirando/
Polícia Militar apura ação em jogo de futebol; testemunha relata pânico
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/tentativa-de-assalto-a-carro-forte-acaba-em-tiroteio-no-engenho-velho-da-federacao/
'Muitos tiros', diz testemunha de confronto entre bandidos e seguranças
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/povo-de-santo-se-une-e-realiza-atos-de-combate-a-intolerancia-religiosa/
Lagoa do Abaeté e Pedra de Xangô foram os palcos escolhidos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/lutador-brasileiro-do-ufc-salva-adolescente-de-afogamento-nos-eua/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pelo-menos-uma-pessoa-morre-e-duas-ficam-feridas-em-operacao-da-pm-em-portao/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/heroi-da-palestina-veja-por-onde-anda-amilton-tratorista-que-se-recusou-a-demolir-casas/
Dezesseis anos depois, CORREIO mostra como estão ele e as famílias
Ler Mais