Itália arrasa Armênia por 9x1 e fecha Eliminatórias da Euro 100%

esportes
18.11.2019, 19:39:09
Atualizado: 18.11.2019, 19:46:10
(Foto: Andreas Solaro/AFP)

Itália arrasa Armênia por 9x1 e fecha Eliminatórias da Euro 100%

Suíça e Dinamarca se classificam

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Fora da Copa do Mundo da Rússia, a Itália aproveitou as Eliminatórias da Eurocopa de 2020 para resgatar a confiança do seu torcedor. Classificada antecipadamente ao torneio continental, a equipe encerrou a sua participação no Grupo J do qualificatório com 100% de aproveitamento e uma histórica goleada de 9 a 1 sobre a Armênia, nesta segunda-feira (18), no Estádio Renzo Barbera, em Palermo.

Immobile e Zaniolo lideraram a impressionante produção ofensiva da Itália com cada um fazendo dois gols, sendo que foram eles a encaminharem a vitória, abrindo 2 a 0 com os gols anotados aos oito e aos nove minutos do primeiro tempo, respectivamente.

Barella, Romagnoli, o brasileiro naturalizado italiano Jorginho, Orsolini e Chiesa completaram o massacre da Itália, que foi vazada por Babayan quando já liderava o placar por 8 a 0. Foi a maior goleada da história da Itália desde 1948, quando a seleção aplicou 9 a 0 nos Estados Unidos.

Também classificada antecipadamente à Eurocopa, a segunda colocada Finlândia perdeu por 2 a 1 para a Grécia, em Atenas. Já em Vaduz, a Bósnia-Herzegovina venceu a seleção de Liechtenstein por 3 a 0, com destaque para os dois gols de Armin Hodzic. E a equipe vai disputar a repescagem das Eliminatórias por ter vencido o seu grupo na Liga das Nações.

Suíça e Dinamarca avançam
Pelo Grupo D do qualificatório, Suíça e Dinamarca conquistaram suas vagas na Eurocopa de 2020 em duelos com grau de dificuldade bem diferentes. A Suíça passeou em Gibraltar, fazendo 6 a 1 na seleção da casa, enquanto a seleção dinamarquesa segurou o empate por 1 a 1 com a Irlanda, na cidade de Dublin.

Assim, a Suíça foi a primeira colocada do grupo, com 17 pontos e um a mais do que a Dinamarca. A Irlanda, com 13, e a Geórgia, com oito, vão participar da repescagem. Já a seleção de Gibraltar não pontuou no qualificatório.

Em Gibraltar, Itten foi o destaque da seleção suíça, ao marcar duas vezes. Já em Dublin, Braithwaite fez o gol da Dinamarca, que foi vazada por Doherty.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas