Já em Sochi, Seleção folga e tem primeiro dia sem treino na Copa

esportes
28.06.2018, 08:18:55
Atualizado: 28.06.2018, 14:35:41
De folga, jogadores da seleção brasileira poderão descansar e curtir as instalações do luxuoso resort em que estão hospedados em Sochi (Booking/ Divulgação)

Já em Sochi, Seleção folga e tem primeiro dia sem treino na Copa

Jogo contra o México será no dia 2

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O dia seguinte ao triunfo da seleção brasileira por 2x0 sobre a Sérvia, resultado que classificou a equipe às oitavas de final da Copa do Mundo em primeiro lugar no Grupo E, é de folga para os jogadores. Após chegar a Sochi no final da madrugada desta quinta-feira (no horário local), o grupo dirigido por Tite terá o dia livre, para descanso, sem treinos. 

A programação inicial divulgada pela assessoria de imprensa da CBF até previa a realização de uma atividade às 18h locais (12h em Brasília), mas depois a comissão técnica decidiu mudar a rotina e dar folga aos atletas logo após o almoço. Assim, a quinta-feira é o primeiro dia completo em que o Brasil não tem treino durante a Copa do Mundo. 

A rotina de atividades em Sochi será retomada na sexta, com a realização do primeiro treino para o confronto de segunda-feira (2) com o México, pelas oitavas de final da Copa. A equipe também trabalhará em seu "quartel-general" no sábado (30), antes de seguir viagem para Samara, local do jogo.

Embora o dia seja de folga, a equipe tem dúvidas e preocupações, especialmente envolvendo o departamento médico, pois três jogadores estão lesionados: o lateral-direito Danilo, o meia-atacante Douglas Costa e o lateral-esquerdo Marcelo. 

Danilo sofreu lesão na região do quadril direito na véspera do triunfo por 2x0 sobre a Costa Rica em São Petersburgo, acelerou o processo de recuperação nos últimos dias e vive a expectativa de ser liberado para voltar a treinar com os companheiros em breve e até mesmo reforçar o Brasil contra o México. 

A situação de Douglas Costa é a mais grave. O meia-atacante sofreu lesão na região posterior da coxa direita nos minutos finais do confronto com a Costa Rica e faz tratamento com os fisioterapeutas da CBF, sem previsão sobre quando poderá voltar a jogar. 

Já Marcelo atuou por menos de dez minutos contra a Sérvia por causa de uma contratura na região lombar. O lateral se manifestou em seu perfil no Instagram sobre o problema, apontando ser leve. Porém, a presença no confronto com o México é uma incógnita. "Graças a Deus não foi nada grave. Em pouco tempo estarei de volta. Muito feliz com a vitória", escreveu Marcelo, que foi substituído por Filipe Luís durante o duelo em Moscou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas