Jade Barbosa opera o joelho e perde chance de ir a Tóquio-2020

esportes
21.11.2019, 18:47:52
Atualizado: 21.11.2019, 19:09:04
(Foto: Wander Roberto/COB)

Jade Barbosa opera o joelho e perde chance de ir a Tóquio-2020

Após cirurgia, ginasta precisará de pelo menos seis meses de recuperação

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Jade Barbosa acaba de dar adeus ao sonho de participar da Olimpíada de Tóquio, em 2020. Aos 28 anos, a ginasta passou nesta quinta-feira (21) por uma cirurgia de reconstrução do ligamento cruzado anterior (LCA) do joelho direito. 

O tempo estimado de recuperação é de seis a oito meses. Assim, não haveria tempo hábil para recuperar antes do Campeonato Pan-Americano, em maio, último evento classificatório para os Jogos de 2020.

A atleta sofreu a lesão no salto, seu primeiro aparelho no Mundial de ginástica artística de Stuttgart, em outubro. Ainda na Alemanha, recebeu a notícia que teria que passar por uma cirurgia. Para a comissão médica do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), o ideal era esperar um mês para realizar o procedimento. Em 2014, Jade já tinha sido submetida a uma cirurgia no joelho, só que o esquerdo.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas