Jay-Z conta para David Letterman como foi a primeira vez que sua mãe revelou ser lésbica

entretenimento
05.04.2018, 10:30:00

Jay-Z conta para David Letterman como foi a primeira vez que sua mãe revelou ser lésbica

Entrevista com o rapper americano acontece no programa que o apresentado mantém na Netflix e entra no catálogo a partir desta sexta (6)

O apresentador David Letterman está com um especial na Netflix, intitulado My Next Guest Need no Introduction (Meu Próximo Convidado Dispensa Apresentação em português). Depois de Malala, George Clooney e Barack Obama, este mês foi a vez de Jay-Z.

No episódio, que entra no catálogo do serviço de streaming a partir desta sexta-feira (6), o rapper falou sobre a paternidade, sua relação com Blue Ivy, sobre outros bons rappers e também conta sobre a primeira vez que falou com sua mãe a respeito da sexualidade dela.

No último álbum de Jay-Z, existe uma faixa intitulada Smile em que acompanhamos uma história de amor na perspetiva da mãe de Jay-Z, Gloria Carter. Ela ainda ganhou um clipe foi escrito e realizado por Miles Jay, onde vemos os atores Dominique Fishback (Show Me a Hero) e Isi Laborde (Reviver o Passado em Montauk). Ao fim Gloria Carter aparece em uma cena lendo um poema que diz:

"Vivendo nas sombras. Você consegue imaginar o tipo de vida que é isso? Nas sombas as pessoas te veem como feliz e livre, porque é o que elas querem ver. Vivendo duas vidas, feliz mas não livre. Você vive nas sombras por medo de alguém machucar sua família ou alguém que você ama".

"Imagine ter de viver sua vida como outra pessoa. E você pensa que tá protegendo seus filhos. Pra minha mãe, ter de viver quem ela não era, se esconder, proteger os filhos, ela não queria envergonhá-los, por todo esse tempo… Pra ela sentar na minha frente e me dizer ‘eu acho que amo alguém’ — tipo, eu realmente chorei. É uma história real. Eu chorei porque eu fiquei muito feliz por ela, que ela enfim estava livre", diz o marido de Beyoncé.

Segundo Jay-Z, ele sabia que a mãe era lésbica mas nunca haviam falado sobre o assunto. Ele ainda diz que gravou Smile um dia depois da conversa:

"Essa foi a primeira vez que nós tivemos essa conversa. E foi a primeira vez que eu a ouvi dizer que ela amava sua parceira. Tipo, ‘eu sinto que amo alguém’. Ela disse ‘eu sinto que’. Ela segurou um pouco, não disse ‘eu amo’, disse ‘eu sinto que amo’. E eu chorei. Eu nem acredito em chorar por estar feliz. Eu nem sei o que é isso. O que é?", revela.

Confira um trecho da entrevista de Jay-Z com David Letterman (em inglês):


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas