João Campos diz que não pode celebrar vitória sem lembrar do pai, Eduardo Campos

brasil
29.11.2020, 20:19:17
Atualizado: 29.11.2020, 20:26:14
João Campos com a namorada, a deputada federal Tábata Amaral (Foto: Divulgação)

João Campos diz que não pode celebrar vitória sem lembrar do pai, Eduardo Campos

Filho de ex-governador superou a prima, Marília Arraes, do PT

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Em seu primeiro pronunciamento em público após ser eleito prefeito do Recife (PE), João Campos (PSB) fez uma rodada de agradecimentos a aliados que culminou com uma homenagem ao seu pai, Eduardo Campos, morto em um acidente de avião durante a campanha presidencial de 2014.

"Não poderia celebrar esta vitória sem lembrar da minha referência na vida e na política, o meu pai, Eduardo Campos", disse. Neste segundo turno, o deputado federal teve 56,27% dos votos válidos, derrotando Marília Arraes (PT), sua prima e colega na Câmara, que terminou com 43,73%.

Outros aliados saudados por Campos no discurso foram a vice-prefeita eleita, Isabella de Roldão (PDT), o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) - de quem já foi chefe de gabinete -, e a sua companheira, a deputada federal Tabata Amaral (PDT).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas