Joey Ramone: há 20 anos sem o pai do punk rock

entretenimento
15.04.2021, 14:45:00
Atualizado: 15.04.2021, 14:54:57
ícone do rock e da cultura pop, Joey Ramone morreu de câncer em 2001 (divulgação)

Joey Ramone: há 20 anos sem o pai do punk rock

Com o Ramones, Joey ajudou a recriar o rock'n'roll; ele morreu em 15 de abril de 2001, aos 49, após lutar contra um linfoma

Feio, magricelo e com quase dois metros de altura. Passados 20 anos de sua morte, Joey Ramone ainda é um ícone do rock e da cultura pop. Tanto quanto a banda que criou em 1974 e que ganhou reconhecimento mundial com a formação clássica aol lado de Dee Dee, Johnny e Marky.

Joey nasceu em 19 de maio de 1951 e, assim como o guitarrista Johnny Ramone, foi o único integrante que se manteve no Ramones desde os primeiros passos até o quarteto encerrar as atividades, em 1996. Obviamente, ele também participou de todos os discos de estúdio lançados pela banda, 14 no total.

Ao longo de sua trajetória musical, que durou mais de 20 anos, Joey conquistou o coração de milhares de fãs com sua voz e visual peculiares. Foi esta voz que ajudou algumas músicas a se tornarem clássicos do rock, como I Wanna Be Sedated, Blitzkrieg Bop, Pet Sematary, The KKK Took My Baby Away, Pinhead ou Poison Heart.

Infelizmente, a carreira e a vida de Joey foram interrompidas muito cedo, em 15 de abril de 2001. Após anos lutando contra a leucemia, o vocalista passou para o outro lado do palco. Joey se foi, mas sua voz, suas músicas, sua influência e seu legado não serão esquecidos.

Veja alguns momentos em que os Ramones cimentaram seu lugar cativo na cultura pop, seja na fazendo a trilha sonora do clássico do cinema de terror Pet Semetary, no desenho Os Simpsons ou redefinindo o tema do Homem-Aranha:


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas