'Joga y joga': Cristiano Ronaldo bate recorde e vira maior artilheiro por seleções

esportes
01.09.2021, 19:14:00
Atualizado: 01.09.2021, 20:37:43
Cristiano Ronaldo comemora o gol da virada sobre a Irlanda (Carlos Costa/AFP)

'Joga y joga': Cristiano Ronaldo bate recorde e vira maior artilheiro por seleções

Astro marcou duas vezes sobre a Irlanda e chegou ao seu 111º gol por Portugal

Cristiano Ronaldo não cansa de quebrar recordes. Aos 36 anos, o jogador se isolou como o maior artilheiro por seleções masculinas da história do futebol. O astro marcou duas vezes nesta quarta-feira (1º), chegou ao seu 111º gol por Portugal e garantiu a vitória sobre a Irlanda nas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2022, por 2x1.

Com os dois gols, aos 43 e 50 minutos do segundo tempo, o craque abriu dois de distância do iraniano Ali Daei. CR7 havia igualado o recorde no dia 23 de junho, quando anotou sobre a França na fase de grupos da Eurocopa. 

Vale lembrar que a marca é entre os homens. Entre as seleções masculinas e femininas, quem é a maior artilheira é Christine Sinclair, que fez impressionantes 187 gols pelo Canadá. 

"Sabíamos que o jogo estava bastante complicado. Futebol é isso. Condições são essas. Era um recorde que queria muito bater", disse Cristiano Ronaldo à TNT Sports.

Os gols do craque renderam a Portugal a vitória de virada. O próprio CR7 podia marcar ainda aos 14 minutos de partida, mas perdeu um pênalti, defendido pelo goleiro Gavin Bazunu. A Irlanda se animou, cresceu no duelo e abriu o placar aos 44, com o zagueiro Egan, em cabeçada após escanteio da esquerda.

No segundo tempo, Portugal tentava, mas não chegava ao empate. Até que a estrela de Cristiano Ronaldo brilhou: com duas cabeçadas certeiras, virou o jogo.

"Depois de perder o pênalti, fiquei uns 10 minutos um pouco triste, mas o futebol é isso. Tem que acreditar até o fim. Os torcedores também ajudaram bastantem, e, no fim, prevaleceu o trabalho da nossa equipe, que buscou a vitória os 90 minutos", acrescentou o craque.

Apesar de Ali Daei ter sido superado, ainda tem uma vantagem sobre CR7. O iraniano precisou de 149 jogos para chegar aos 109 gols. Já o português igualou o recorde com 179 partidas, e superou com 180.

A quantidade de vezes em campo, aliás, é outra marca que Cristiano Ronaldo pode bater. Nesta quarta, o jogador se igualou ao zagueiro espanhol Sergio Ramos e Ahmed Mubarak, de Omã, ambos ainda em atividade. O recorde é do egípcio Ahmed Hassan, com 184 partidas entre 1995 e 2021. O segundo da lista é Bader Al-Mutawa, do Kuwait, com 181, que também ainda joga.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas