Jogador acusado de estupro é bloqueado por CR7 nas redes sociais

esportes
03.02.2022, 15:16:00
Mason Greenwood está suspenso e proibido de treinar pelo Manchester United (Paul Ellis/AFP)

Jogador acusado de estupro é bloqueado por CR7 nas redes sociais

Mason Greenwood ficou preso por três dias, até ser liberado após pagar fiança; ele segue suspenso de Manchester United e deve ser cortado da seleção da Inglaterra

Jogador do Manchester United, Mason Greenwood não é mais seguido nas redes sociais por vários colegas de time. Importantes nomes da equipe, como Cristiano Ronaldo, Bruno Fernandes, Maguire, Sancho, Rashford e Pogba, deram unfollow no colega após ele ser acusado de estupro e agressão à namorada, Harriet Robson.

Greenwood ficou detido por três dias, até ser liberado após pagamento de fiança, na quarta-feira (2). Apesar de ter deixado a prisão, o clube reiterou, em comunicado, que ele seguirá suspenso e proibido de treinar e jogar com a equipe enquanto o caso estiver sob investigação policial.

Em entrevista coletiva, o técnico do time, Ralf Rangnick, falou sobre o jogador, e confirmou que o nome dele foi assunto entre os companheiros na última semana. 

"Obviamente, era um assunto dentro da equipe. Eles são seres humanos, e Mason fazia parte do grupo antes da pausa (para a Data Fifa). Mas pudemos treinar em circunstâncias normais", garantiu o treinador.

O jogador também arca com outras consequências. De acordo com o jornal The Sun, o técnico da seleção da Inglaterra, Gareth Southgate, decidiu não convocar mais o atacante de 20 anos enquanto o processo legal contra ele está em andamento. 

Ainda segundo o tabloide, o United também decidiu oferecer a todos os torcedores que tenham camisas de Greenwood a troca do uniforme de forma gratuita. O nome dele já havia sido retirado do site oficial de vendas de produtos do clube.

O time de Manchester também não está fornecendo auxílio legal ao atacante, de acordo com o portal The Athletic. Ele providenciou representação pessoal para acompanhá-lo no caso. 

A Nike, por sua vez, interrompeu o contrato que mantinha com o jogador. "Suspendemos nosso relacionamento com Greenwood. Estamos profundamente preocupados com as alegações perturbadoras e continuaremos monitorando de perto a situação", afirmou a marca, em um comunicado enviado à BBC.

Na terça-feira (1º), Greenwood foi removido dos modos offline do Fifa 22. Ele teve seu representante virtual retirado do simulador em atualização feita pela EA Sports em todas as plataformas. Por outro lado, o inglês segue disponível no Ultimate Team, o modo de jogo online mais popular da franquia. 

Entenda o caso

Mason Greenwood estava detido desde o último domingo (30), quando sua namorada, a modelo Harriet Robson, publicou nas suas redes sociais um vídeo no qual aparece com marcas roxas pelo corpo e com a boca ensanguentada. Ela também postou um áudio dizendo que Greenwood tenta forçá-la a ter relações sexuais com ele.

No mesmo dia, o atleta foi preso pelas autoridades locais sob a acusação de estupro e violência doméstica.

"A polícia da Grande Manchester foi informada hoje cedo (domingo, 30 de janeiro) de imagens e vídeos de mídia social online postados por uma mulher relatando incidentes de violência física. Uma investigação foi iniciada e, após investigações, podemos confirmar que um homem de 20 anos foi preso desde então por suspeita de estupro e agressão. Ele permanece sob custódia para interrogatório. As investigações estão em andamento", diz a nota da polícia.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas