Jogador do Boca é procurado pela polícia após atropelar ex-mulher

esportes
14.04.2022, 19:35:00
Salvio estaria na companhia de outra mulher quando cometeu o crime (Foto: Divulgação/Boca Juniors)

Jogador do Boca é procurado pela polícia após atropelar ex-mulher

Câmeras de segurança flagraram momento do atropelamento

Eduardo Salvio, atacante argentino e camisa 10 do Boca Juniors, está sendo procurado pela polícia após a acusação de ter atropelado a ex-mulher. Magui Aravena, antiga companheira do atleta, fez uma acusação formal às autoridades de Buenos Aires nesta quinta-feira, quando o caso teria ocorrido.

De acordo com o Olé, principal diário esportivo da Argentina, Aravena teria encontrado Salvio em seu carro com outra mulher. Ela teria se posicionado na frente do veículo para chamar o atleta de 31 anos para conversar. Foi quando ele teria acelerado o carro.

Ainda de acordo com a publicação, Aravena sofreu lesões na perna direita e foi levada para um hospital Argerich, próximo do bairro de Puerto Madero, onde ocorreu o incidente. A mulher, que é mãe dos filhos do jogador, o denunciou por "violência de gênero".

As autoridades de Buenos Aires continuam procurando o jogador. Segundo o Olé, câmeras de segurança da região flagraram o momento do atropelamento. Nas imagens, é possível ver o atleta fugindo no automóvel após o incidente.

Revelado pelo Lanús, Salvio fez sucesso no futebol europeu com a camisa do Benfica, de Portugal. Ele fez parte do elenco da Argentina na Copa do Mundo de 2018, retornando ao país natal no ano seguinte para defender o Boca Juniors. A última vez que ele entrou em campo foi na terça-feira desta semana, no duelo contra o Always Ready pelo Grupo E da Copa Libertadores, o mesmo do Corinthians.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas