Jogos do Carioca são proibidos na cidade do Rio a partir de sexta

esportes
22.03.2021, 19:25:00
Atualizado: 22.03.2021, 19:25:14
Maracanã não poderá receber jogos entre os dias 26 de março e 4 de abril (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Jogos do Carioca são proibidos na cidade do Rio a partir de sexta

Em entrevista coletiva, prefeito Eduardo Paes afirma que município não sediará partidas enquanto vigorar novo decreto

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM), afirmou em entrevista coletiva nesta segunda-feira (22) que jogos do Campeonato Carioca estarão proibidos na cidade. O veto acontecerá entre a próxima sexta-feira (26) e o dia 4 de abril, enquanto estiver válido o novo decreto muncipal de restrições para conter a propagação do novo coronavírus.

Desta forma, Maracanã, Nilton Santos, São Januário, Moça Bonita e demais estádios estão vetados de serem utilizados durante o período. A nova medida, que será publicada na terça-feira (23), só autoriza a funcionar os serviços essenciais.

Antes da paralisação, haverá a 5ª rodada do Carioca, que tem partidas programadas de terça (23) até quinta-feira (25).Já durante o período de suspensão, aconteceriam outras duas rodadas. A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro ainda não se pronunciou.

Para que não sejam necessárias alterações na tabela da competição, o torneio estadual pode ser remanejado para outros municípios onde não há decretos em vigor, como Volta Redonda, Nova Iguaçu, Bacaxá e Saquarema. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas