Johnson & Johnson começa a testar vacina contra covid em jovens de 12 a 17 anos

coronavírus
02.04.2021, 15:09:00

Johnson & Johnson começa a testar vacina contra covid em jovens de 12 a 17 anos

Os resultados do teste poderão ser anunciados no segundo semestre do ano

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Johnson & Johnson (J&J) iniciou testes de sua vacina contra a covid-19 em jovens de 12 a 17 anos, no último esforço de tornar a imunização disponível para um público não adulto.

A empresa americana, que tem sede em New Brunswick (New Jersey) informou nesta sexta-feira que está ampliando um estudo iniciado em setembro com voluntários adultos para incluir cerca de 1.700 adolescentes na faixa de 12 a 17 anos. Os resultados do teste poderão ser anunciados no segundo semestre do ano, afirmou um porta-voz da J&J.

O grupo farmacêutico também planeja começar a testar os efeitos da vacina em mulheres grávidas.

As vacinas da J&J e da Moderna estão autorizadas para uso em adultos acima de 18 anos nos EUA e em alguns outros países. Um terceiro imunizante, da Pfizer com a BioNTech, está liberado para indivíduos de 16 anos ou mais.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas