Jonga Cunha movimenta shopping em lançamento do segundo livro

entretenimento
12.04.2022, 16:17:00

Jonga Cunha movimenta shopping em lançamento do segundo livro

“Nem Tudo é Festa” já está à venda nas livrarias da cidade e através do Instagram @jongacunha

O livro traz logo no título que "Nem Tudo é Festa", mas a realidade é que o lançamento teve festa sim. Bastante. Festa, sorriso, orgulho e presença. Dessa maneira o escritor Jonga Cunha recebeu amigos, familiares e admiradores na última segunda-feira (11), no Restaurante Pereira do Shopping da Bahia.

O livro teve festa de lançamento e de comemoração do seu aniversário que contou com a presença de artistas, como Alexandre Peixe, Ricardo Chaves, Márcia Short, Magary Lord, Rafa Chaves, entre outros.

Durante a sessão de autógrafos que movimentou o terceiro piso do Shopping, o diretor musical Elpídio Bastos foi o responsável pelo pocket show que contou com participações dos amigos artistas que estavam no local. 

Jonga também recebeu o carinho de autoridades baianas que passaram por lá, como o Deputado Estadual Eduardo Salles, o vereador de Salvador Cláudio Tinoco, o empresário Fausto Franco, Rodolphinho Tourinho, Ricardo Sangalo, Kaio Moraes, Rafael e Ricardo Cal, entre outros.

“Nem Tudo É Festa” é o segundo livro de Jonga, também autor de “Por Trás dos Tambores” (2008). Seu primeiro romance é livremente inspirado na música e narra os bastidores de uma estória recheada de confusões, um romance policial de diversão, cheio de vida, suspense, emoção, paixão e muito sexo contada através da vida de dois personagens principais: Joshua e Patric.

Livremente inspirado na música, o primeiro romance de ficção do advogado, músico, produtor musical e escritor conta uma estória musical divertida e emocionante, que, no entanto, se funde com uma trama policial perigosa.

Depois do livro, “Por trás dos tambores”, lançado em março, Jonga Cunha apresenta seu primeiro romance de ficção “Nem Tudo é Festa”, o livro narra os bastidores de uma estória recheada de confusões contada através da vida de dois personagens principais: Joshua e Patric.

Com produção independente, as 300 páginas contam de uma forma descontraída uma gostosa estória de tumulto musical, turístico e social. O enredo tem como cenário a Ilha de Sabá. A colonização espanhola com influências africanas (escravos) e francesas (imigrantes) que fizeram da cultura de Sabá, ilha caribenha, uma das mais icônicas do Atlântico. 

No final do século a sua principal manifestação artística, a música, transformaria a ilha numa fábrica de bandas e um dos principais destinos turísticos do mundo, mas se prepare, porque nem tudo é festa em Sabá.

“Nem Tudo é Festa é um livro divertido, cheio de ação e surpresas, é um romance para entreter, passar o tempo e se divertir. Coincidentemente os dois protagonistas são músicos como eu e essa é a única ligação que tem em ‘Por Trás dos Tambores’, meu primeiro livro, que é uma autobiografia e um registro do axé”, conta Jonga, que diz não se considerar um escritor e sim um redator.

“Na minha vida toda eu gostei do português, da gramática, de escrever, de textos, da poesia, de compor e pequenos textos sempre foram minha especialidade, crônicas, projetos. Fazer um romance para mim sempre foi um desafio muito grande, me testei, levei anos tentando reunir passagens de uma história fictícia que eu tentei elaborar e ela foi desenvolvendo”, explica.

Jonga Cunha (Foto: Divulgação)

No livro, ele retrata a vida de dois personagens que dão vida a uma história intrigante sobre os bastidores da música, um romance policial de diversão, cheio de vida, suspense, emoção, paixão e muito sexo, dentro de um clima bem parecido com um lugar que a gente conhece.

Joshua e Patric são músicos, um é natural de Sabá, filho de classe média, guitarrista e cantor e o outro é um cara que tem um passado muito doido, ele vem da África fugindo passa por Cuba e acaba em Sabá. São mil exemplares disponíveis, no valor de R$ 50 cada.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas