Jornalista revela salários dos pilotos da Fórmula 1 em 2022; veja

esportes
17.01.2022, 20:31:00
Hamilton é o piloto mais bem pago da temporada 2022 da F1 (Mercedes-AMG/Reprodução/Instagram)

Jornalista revela salários dos pilotos da Fórmula 1 em 2022; veja

Heptacampeão mundial, Lewis Hamilton é o mais bem pago do grid, seguido por Max Verstappen e Fernando Alonso

A presença de Lewis Hamilton na temporada 2022 da Fórmula 1 ainda é um mistério. O piloto da Mercedes está 'sumido' desde que perdeu o campeonato mundial do ano passado para Max Verstappen, e vários rumores dão conta de uma suposta aposentadoria. Mas, caso decida voltar às pistas, o heptacampeão terá pela frente um salário milionário.

O jornalista Fritz-Dieter Rencken, do Racing News365, divulgou quanto cada piloto receberá para correr na próxima temporada, com Hamilton na liderança. De acordo com a lista, o astro receberá 35 milhões de euros anuais para atuar na F1 2022.

Em segundo lugar, aparece o holandês Max Verstappen, da Red Bull Racing, com 21,9 milhões de euros. E, fechando o top 3 dos maiores salários, está Fernando Alonso, da Alpine (antiga Renault), com 17,5 milhões de euros.

Protagonistas da última temporada, a Red Bull Racing e a Mercedes, aliás, possuem uma enorme diferença salarial entre seus pilotos. Pela equipe austríaca, Sergio Pérez ganhará apenas um terço do que Verstappen: 7 milhões de euros anuais. Já George Russell, companheiro de Hamilton na escuderia alemã, receberá 30 milhões a menos que o heptacampeão: 4,4 milhões de euros.

Yuki Tsunoda, da AlphaTauri, receberá o menor salário do grid, com um valor de 660 mil euros mensais. É menos do que a dupla da Haas, Mick Schumacher e Nikita Mazepin, que receberão 880 mil cada.

Confira os salários dos pilotos da Fórmula 1 de 2022:

Piloto

Salário (anual)

Lewis Hamilton

35 milhões de euros

Max Verstappen

21,9 milhões de euros

Fernando Alonso

17,5 milhões de euros

Sebastian Vettel

13,1 milhões de euros

Daniel Ricciardo

13,1 milhões de euros

Charles Leclerc

10,5 milhões de euros

Carlos Sainz

8,76 milhões de euros

Valtteri Bottas

8,76 milhões de euros

Lance Stroll

8,76 milhões de euros

Sergio Pérez

7 milhões de euros

George Russell

4,4 milhões de euros

Lando Norris

4,4 milhões de euros

Esteban Ocon

4,4 milhões de euros

Pierre Gasly

4,4 milhões de euros

Alexander Albon

1,75 milhões de euros

Guanyu Zhou 880.000 euros

Mick Schumacher

880.000 euros
Nikita Mazepin 880.000 euros
Nicholas Latifi 880.000 euros
Yuki Tsunoda 660.000 euros

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas