Jovem esfaqueia cunhado para defender irmã: "batia demais nela"

brasil
23.02.2017, 18:20:00
Atualizado: 23.02.2017, 19:03:37

Jovem esfaqueia cunhado para defender irmã: "batia demais nela"

Caso aconteceu na cidade de Cruzeiro do Sul, no interior do Acre

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um jovem de 19 anos foi preso após tentar manter o ex-cunhado com duas facadas no peito. O caso aconteceu na cidade de Cruzeiro do Sul, no interior do Acre. Francisco Avelino se entregou à polícia e confessou que esfaqueou a vítima porque ele batia demais em sua irmã, de 23 anos.

"Ele batia demais nela. Agredia ela há mais de dois meses e ninguém fazia nada. Ontem (quarta,22) ele bateu nela na rua e ela ficou desmaiada. Então, tive que punir por ela", afirmou.

O cunhado, que não teve o nome revelado, foi encaminhado para um hospital e recebeu alta após o atendimento médico. Irmã de Francisco, Maria Avelino confirmou a versão do irmão e disse que já foi estuprada várias vezes pelo ex. 

“Eu saia de casa e ele me perseguia. Ontem ele me seguiu e tentou voltar, mas disse que não e ele me bateu tanto que eu desmaiei. Ele já me agride há meses. Invade as casas onde eu estou, me estupra e me ameaça”, revela.

Responsável pelas investigações, o delgado Alexnaldo Batista afirmou que o jovem vai ser autuado em flagrante por tentativa de homicídio. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas