Juliette reflete sobre carreira meteórica: 'Tenho orgulho de todo esse processo'

entretenimento
29.09.2021, 14:50:00
Atualizado: 29.09.2021, 15:36:15
(Foto: Paula Fróes/CORREIO)

Juliette reflete sobre carreira meteórica: 'Tenho orgulho de todo esse processo'

Ao CORREIO, campeã do BBB21 falou sobre a busca para se tornar uma cantora reconhecida

Juliette é um fenômeno e não dá para discutir sobre isso. Ganhadora do BBB21, ela está determinada a ser uma cantora de sucesso e, para isso, lançou seu primeiro EP com seis faixas. O trabalho dividiu opiniões: teve quem amou, teve quem odiou. Pessoalmente, Juliette se isola das críticas e garante estar orgulhosa do que canta e planeja para sua carreira.

Com mais de 32 milhões de seguidores no Instagram, é a personalidade mais seguida em todo o Brasil. Ela está na Bahia, onde participou do último programa da temporada do Música Boa, programa ao vivo do Multishow, cantando com Ivete Sangalo e Cláudia Leitte. Nesta quarta-feira (29) esteve na Rede Bahia e deu entrevista a vários veículos. Falou de carreira, brincou, falou si, ouviu as próprias músicas. Só não cantou.

"Eu me sinto representada pelo EP. Ele foi composto e produzido por pessoas que admiro e por amigos de longa data. Estive presente no processo, mudei algumas coisas (pra ficar mais a ver comigo) e sinto que ele explora em letra e melodias muito do que eu quero ser nessa nova jornada e como artista. Tenho muito orgulho de todo esse processo", disse Juliette.

Juliette usou bastante o microfone na Rede Bahia, mas para falar sobre a vida e os planos. Música, só gravada. Quase o EP tocou durante o programa Fuzuê, da Bahia FM (Foto: Paula Fróes/CORREIO)

A cantora confessa que tem fugido dos 'cactos' (seu fã-clube) sempre que pode para evitar aglomerações. Por isso, evita divulgar sua agenda e os lugares por onde vai passar na Bahia, estado que visita pela segunda vez. Juliette lembra qque quando sua mãe viajou de avião pela primeira vez, foi saindo da Paraíba para Salvador.

"A Bahia é linda, né, minha gente? A cultura, as pessoas, a natureza. Tudo e incrível. Eu acho que Salvador resume bem essa mistura do que é a Bahia. A culinária, os pontos turísticos, a história e o povo animado e lindo", disse.  Ao programa Fuzuê, da Bahia FM, Juliette revelou que chorou ao visitar o Pelourinho.

Apesar de já ser uma cantora lançada, Juliette ainda não se apresentou ao público. Fez participações em diversas lives, como de Wesley Safadão e Xand Avião; programas como o Domingão com Huck, onde cantou com Sandy, e o próprio Música Boa. Mas show, com gente, ingresso, público gritando, chorando... Ainda não.

Segundo a vencedora do BBB21, essa é uma experiência que faz falta mas que pretende viver logo que for possível. 

"Não é algo que planejo para agora. Mas certamente no futuro eu quero me conectar ao vivo com quem gosta do meu trabalho. É uma nova sensação que quero viver com meus fãs", afirmou.

(Foto: Paula Fróes/CORREIO)
(Foto: Paula Fróes/CORREIO)
(Foto: Paula Fróes/CORREIO)
(Foto: Paula Fróes/CORREIO)

Ainda sobre shows com público, Juliette disse que se inspira muito em Ivete Sangalo e um dia quer subir num trio junto com a cantora, que foi uma espécie de anfitriã para sua visita a Salvador nesta segunda passagem.

No entanto, ela afirma que não quer trabalhar no carnaval soteropolitano, que, por sinal, nunca curtiu ao vivo. Só por TV. É que, primeiro, que viver a folia no meio da galera. O trabalho fica para uma segunda oportunidade.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas