Lenda do vôlei, baiano Ricardo é o novo técnico de dupla campeã

esportes
12.04.2022, 20:03:00
Ricardo, entre Álvaro e Evandro: baiano será novo técnico da dupla (Manila Comunicação/Divulgação)

Lenda do vôlei, baiano Ricardo é o novo técnico de dupla campeã

Ouro em Atenas-2004, ex-jogador assume como técnico de Evandro e Álvaro Filho

Atuais campeões brasileiros do vôlei de praia, Evandro e Álvaro Filho têm um novo técnico. E é um nome de peso: o baiano Ricardo, campeão olímpico e lenda da modalidade. O treinador substituirá Ednílson Costa, e já comandará a dupla nesta semana, na etapa do Circuito Mundial de Itapema (SC).

Radicado em João Pessoa, Ricardo tem uma história de longa data com Álvaro Filho, que é paraibano. Durante a carreira, o baiano contou com a ajuda do amigo. Já o convite para trabalharem juntos surgiu após o ex-jogador ir até o Rio de Janeiro, onde a dupla está baseada, para ajudar.

"Para mim, foi uma surpresa muito grande. Porque eu vim aqui para dar um suporte para o Álvaro. E, depois de uma semana, ser convidado para ser técnico deles foi uma surpresa e um desafio enorme", disse Ricardo, que já vinha trabalhando com uma equipe italiana.

"Agora, recebendo esse convite, me motiva ainda mais. Dá uma credibilidade a muito do que eu penso, em tentar me tornar um grande profissional também fora de quadra, como técnico. Nada melhor do que trabalhar com um time como Álvaro e Evandro, que é um time campeão, formado", completou.

Álvaro, por sua vez, não escondeu a felicidade de iniciar um novo ciclo ao lado do amigo. "Tenho um carinho muito especial e sou até suspeito para falar. Iniciei minha carreira com ele, como um sparring. Depois tive a honra de jogar ao lado dele, conquistar títulos e agora é como se tivesse completando um ciclo, tendo ele como meu treinador. É uma pessoa que eu respeito muito, tenho muito carinho e admiração", elogiou.

Ricardo faturou a medalha de ouro olímpica no vôlei de praia em Atenas-2004, com Emanuel. A dupla também conquistou o bronze em Pequim-2008. Já ao lado de Zé Marco, o baiano levou a prata em Sydney-2000.

"Não preciso nem falar o que o Ricardo representa para o voleibol de praia. Não só brasileiro como mundial. Ele já vinha se desenvolvendo como treinador e é até engraçado, porque até ontem parece que que estava jogando contra ele. Muito melhor ter o Ricardo ao meu lado, me incentivando, me cobrando bastante, do que jogando contra. E ele já chegou comandando, cobrando o time", afirmou Evandro.

"Só assim a gente vai crescer e sair da nossa zona de conforto. Espero que ele consiga ficar à vontade e temos muitas coisas para disputar e, quem sabe, conquistar juntos. Queremos chegar bem já em Itapema, com novo técnico e vamos juntos e firmes", finalizou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas