Léo sobre o Palmeiras: 'Sabemos onde podemos atacar'

e.c. bahia
13.09.2018, 19:10:00
Léo está confiante no primeiro triunfo tricolor sobre o Palmeiras em 2018 (Felipe Oliveira / EC Bahia)

Léo sobre o Palmeiras: 'Sabemos onde podemos atacar'

Para o lateral tricolor, jogos contra o Palmeiras fizeram o time conhecer melhor o adversário

Encarar o mesmo time muitas vezes em um curto espaço de tempo possibilita um conhecimento maior sobre o adversário em questão. Domingo (16), às 16h, na Fonte Nova, haverá o quarto confronto entre Bahia x Palmeiras somente este ano e, consequentemente, uma nova tentativa do tricolor de triunfar pela primeira vez diante da equipe paulista.

Enquanto Enderson Moreira prepara as suas estratégias e escolhe os 11 iniciais, o lateral-esquerdo Léo acredita que o Bahia pode tirar proveito da situação. “Já jogamos três vezes contra o Palmeiras, sabemos dos pontos fortes deles e onde podemos atacar. Tem que entrar muito ligado nesse jogo”, analisou, para em seguida mostrar que fez a lição sobre o rival.  

“O time do Palmeiras eu vejo como um time bem treinado, tem um bom treinador, que é o Felipão. Vejo que eles apostam na parte individual, com Dudu, Willian, jogadores muito rápidos pelas pontas. Para a gente que é marcador dá muito trabalho, os laterais deles gostam de avançar. Apostam na jogada individual, lance que um ou outro pode fazer para conseguir o triunfo”, detalhou.

No treino tático desta quinta-feira (13), o técnico Enderson Moreira já começou a esboçar a escalação que pretende colocar em campo. Sem poder contar com Vinícius, suspenso, e Allione, por questão contratual, o comandante tricolor fez alguns testes no meio-campo.

Inicialmente, entraram Nino, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Elton, Gregore, Zé Rafael, Élber e Marco Antônio; Gilberto. O goleiro Douglas fez um trabalho específico. No decorrer do treino, Tiago sentiu dores na perna e foi substituído por Douglas Grolli. Um pouco depois, Flávio, Edigar Junio e Ramires entraram nas vagas de Gregore, Élber e Marco Antônio. 
 
Confronto

No duelo em particular entre os treinadores, Enderson Moreira ficará frente a frente com Felipão pela terceira vez. Além do jogo de volta pela Copa do Brasil, no Pacaembu, em que o ex-treinador da Seleção Brasileira levou a melhor ao vencer por 1x0 e eliminar o Bahia, eles já haviam se enfrentado em 2014, quando Enderson comandava o Santos e Felipão o Grêmio. Na ocasião, houve empate por 0x0 em Porto Alegre. Apesar de domingo serem rivais, Enderson fez questão de elogiar o trabalho de Scolari. 

“Felipão é um cara que eu tenho grande admiração dentro do futebol. Extremamente inteligente e que sabe como poucos montar um esquema de jogo consistente e seguro. Os trabalhos geralmente têm sua assinatura, um DNA mesmo, bem definido. Foi assim, por exemplo, que ele se tornou pentacampeão mundial, com uma equipe que se ajudava muito em campo, um correndo pelo outro e, agora, é o que a gente está vendo nesse time do Palmeiras. Sem dúvida, fiquei feliz com o reconhecimento que ele teve sobre nossa equipe na última vez que nos enfrentamos. São mostras de que estamos no caminho certo e, de certa forma, são palavras que motivam”.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/o-ultimo-a-sair-apaga-a-luz-do-othon-hotel-ja-esta-sem-nenhum-hospede/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/temer-ressalta-forca-e-estabilidade-das-instituicoes-em-pronunciamento/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/sessao-do-tj-ba-e-suspensa-apos-confusao-e-retirada-de-advogado/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/confira-o-clipe-da-cantora-argentina-lali-em-parceria-com-pabllo-vittar/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/voce-sabia-que-o-ford-mais-vendido-na-america-do-sul-e-feito-na-bahia/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/mostra-multimidia-homenageia-os-40-anos-do-correio/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/igreja-transmite-momento-em-que-pastor-e-baleado-em-culto-veja/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/camera-de-shopping-flagrou-conversa-de-empresario-que-matou-jogador-e-testemunhas/