Liverpool vira sobre o Villarreal e está na final da Champions

esportes
03.05.2022, 18:11:00
Fabinho comemora gol sobre o Villarreal, na semi da Champions (Liverpool/Divulgação)

Liverpool vira sobre o Villarreal e está na final da Champions

Time inglês passa sufoco, vai para o intervalo perdendo por 2x0, mas reage no segundo tempo e se garante na decisão

O Liverpool vai para a França em busca de sua sétima taça da Liga dos Campeões. A classificação à final veio com grande susto diante do Villarreal e virada, por 3x2, na Espanha, depois de ir para o intervalo com 2x0 de desvantagem.

O rival do dia 28 de maio no Stade de France sai do embate desta quarta-feira (4) entre Real Madrid x Manchester City, no Santiago Bernabéu.

O brasileiro Fabinho iniciou a reação do clube inglês no estádio El Madrigal, ao diminuir a desvantagem no começo do segundo tempo. Luis Díaz e Sadio Mané completaram a festa vermelha com um placar agregado de 5x2.

Campeão em 2018/19 com grande parte do atual elenco e sob a direção de Jürgen Klopp, o Liverpool terá pedreira na decisão, não importa o oponente. Pode reeditar a decisão de 2017/18 com os merengues, donos de 13 títulos, em clima de revanche, ou travar mais uma batalha com o rival City, com o qual disputa ponto a ponto o título inglês e vem realizando belos confrontos.

O técnico Unai Emery sabia que a missão do Villarreal não seria nada fácil e afirmou, na véspera, que precisaria de "um jogo perfeito". E fazer um gol cedo fazia parte do processo para reverter um 2x0 contra.

Bastaram três minutos para o resgate da esperança. O lançamento longo encontrou Capoué, livre na área. O camisa 6 optou por tocar para dentro ao invés de finalizar e encontrou Dia sozinho: 1x0 e enorme festa no El Madrigal.

Sair em vantagem logo era uma maneira de os espanhóis deixarem o time inglês desestabilizado. Porém, não foi o que ocorreu. O Liverpool começou a tocar a bola e evitar o perigo atrás.

O Villarreal, então, começou a apostar nos lançamentos longos, de antes do meio campo. No primeiro, Lo Celso tirou de Alisson e acabou pedindo pênalti após o choque com o goleiro. A arbitragem não viu falta no lance.

A bronca dos espanhóis se transformou em festa três minutos mais tarde. Nova bola longa, agora em direção a Capoué. O domínio foi errado, mas ainda deu tempo para o meia se livrar de Robertson e cruzar para a área. Coquelin se antecipou ao estático Arnoud e cabeceou no ângulo. Antes do intervalo o confronto estava em igualdade.

Klopp resolveu mexer no intervalo para aumentar o poderio ofensivo do Liverpool. Lançou o colombiano Luis Díaz na vaga do português Diogo Jota. Foi logo vendo Mané perder boa chance.

Um gol para qualquer lado significava a vaga direto à decisão sem a necessidade de 30 minutos da prorrogação. E os ingleses retornaram mais dispostos a atacar após perder a preciosa vantagem no duelo.

Arnoud quase descontou em chute de longe. A bola desviou no zagueiro e bateu no travessão. O domínio que era do Villarreal virou e se transformou em festa vermelha aos 16 minutos. O volante Fabinho tocou para Salah e recebeu de volta, no bico da área. Sem marcação, arriscou e mandou entre as pernas de Rulli.

O gol deixou os mandantes desanimados. Depois de muita luta, levaram um gol que não podiam. Desestabilizados, seguiram pressionados. Díaz quase empatou. A defesa salvou. Mas nada pôde fazer quando Arnoud cruzou na cabeça do colombiano. Livre, ele cabeceou para as redes e deixou o Liverpool muito próximo da decisão.

Restavam 22 minutos para o Villarreal buscar mais dois gols. Abatidos, contudo, seus jogadores sequer conseguiam ter a posse de bola. E ainda sofreram mais um gol. Mané saiu livre de seu campo, passou por Rulli e pelo marcador e decretou a virada e a festa inglesa.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas