Lives homenageiam 78 anos de Clara Nunes

entretenimento
12.08.2020, 05:50:00
Mariene de Castro apresenta o show Ser de Luz (Cris Gomes/divulgação)

Lives homenageiam 78 anos de Clara Nunes

Os shows serão realizados nesta quarta (12) por Mariene de Castro e pelo Memorial Clara Nunes

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O aniversário da cantora Clara Nunes (1942-1983), que completaria 78 anos nesta quarta-feira (12), será lembrado da maneira como ela se expressava melhor: com música. A mineira será homenageada em duas lives: uma comandada pela baiana Mariene de Castro e a outra realizada pelo Memorial Clara Nunes. 

Mariene, que já gravou um álbum dedicado à Clara Nunes, apresenta o show Ser de Luz, a partir das 20h, através da plataforma Zoom. Acompanhada do violonista Lula Gazineu, Mariene mostra repertório que imortalizou a artista como O Mar Serenou, Guerreira e Feira de Mangaio, A deusa dos Orixás e Ê Baiana, entre outros sucessos 

“Ser de luz é um chamado e, com muita clareza e amor, dedico meu canto para essa homenagem no dia do seu aniversário. Daqui eu me emociono e agradeço pela oportunidade de cantar esse repertório que passou a fazer parte da minha vida”, ressalta Mariene, que lançou CD/DVD Ser de Luz - Uma Homenagem a Clara Nunes em 2016.

A outra celebração acontece na forma de um bate-papo musical e solidário que vai arrecadar recursos em prol do Memorial Clara Nunes, que fica em Caetanópolis, terra natal de Clara.

Fechado por conta da pandemia no novo coronavírus, o espaço, segundo os organizadores,  precisa de manutenções e melhorias  para assim que a pandemia passar, ser reaberto numa exposição com o acervo da cantora, que conta com mais de dez mil itens. Entre os itens, há  roupas, acessórios, colares de conchas, objetos pessoais, troféus e  muitas fotografias.

A live contará com as presenças das atrizes e cantoras Emanuelle Araújo e Clara Santhana - que apresentou um espetáculo em homenagem à Clara, o Deixa Clarear. E também da  cantora Nina Wirtti e Lucinha Nobre,  porta-bandeira da Escola de Samba Portela, que já destacou a artista num samba enredo.


PROGRAMAÇÂO

Live Ser de Luz - Com a cantora Mariene de Castro e com o violonista Lula Gazineu. Ingressos através do bit.ly/MarieneClaraNunes, com contribuições de R$ 15, R$ 30 ou R$ 60. Hoje, às 20h, pelo Zoom.

Pate-papo musical Iniciativa do Memorial Clara Nunes reúne Emanuelle Araújo, Clara Santhana,Nina Wirtti e Lucinha Nobre, às 20h, no Instagram https://www.instagram.com/claranunesoficial/?hl=pt-br

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas