Livro infantil com dicas de como driblar o isolamento

entretenimento
15.04.2021, 07:00:00
Livro Fica em Casa, Olga tem lançamento gratuito (Rebeca Silva/divulgação)

Livro infantil com dicas de como driblar o isolamento

Fica em casa, Olga traz dicas de brincadeiras a partir da relação entre um pai e sua filha; livro está disponível para download gratuito

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Muitos pais estão em casa, confinados com seus filhos, sem muito mais ideias sobre como entreter os pequenos. O que fazer para driblar o isolamento social de uma criança, acostumada a ir à escola, interagir com os coleguinhas, brincar na rua, andar de bicicleta, correr na praia?  A partir destes questionamentos, o produtor cultural e jornalista Marinho Freire, pai de Olga, lança o livro digital Fica em Casa, Olga, com ilustrações da artista visual Rebeca Silva, mãe de Mabel.

O livro estará disponível para download a partir desta quinta-feira (15), no site ficaemcasaolga.com e no Instagram do projeto, com direito a uma versão em audiobook, que será viabilizada nas principais plataformas de streaming.

“O livro se inspira no cotidiano e desafios das famílias com crianças que estão cumprindo o distanciamento social e se mantendo dentro de casa. A ideia surgiu a partir da minha própria realidade, com minha filha de quatro anos, e a ânsia de criar alternativas para lidar com o tédio, a falta de liberdade e do contato”, explica Marinho Freire, que também é produtor do podcast “Papicast”, que trata de paternidades.

Já para Rebeca Silva, ilustrar o livro foi como pintar a própria realidade. “Eu tinha em casa fotos de quase todas as imagens que o texto trazia, bem como Marinho. Foi sentar e transbordar a minha realidade; pintar a relação, os desafios, as tristezas e exaustão, tanto minhas quanto de minha filha de três anos”, pontua. “Tem sido um misto louco de sentimentos muito intensos e espero que o livro possa servir como um alento de pensar que estamos todos vivendo muitos desafios”, arremata.

Fica em casa, Olga traz desde dicas de ferramentas educativas gratuitas e sugestões de brincadeiras, como acampar na sala ou ajudar na cozinha e transformar a pia em piscina de espumas para lavar a louça, a momentos de reflexão e acolhimento, destacando o cuidado, troca e amor na relação entre pai e filha. “São pouquíssimos livros infantis protagonizados por um pai e uma filha. Então, a intenção é que o livro seja também um incentivo à paternidade ativa e que sirva de inspiração”, destaca Freire.

O link para download do livro também será enviado via lista de WhatsApp e e-mail. Já a versão em audiobook será disponibilizada no YouTube, Spotify, Google Podcasts e Apple Podcasts, além da possibilidade de baixar o arquivo no site do projeto.

O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura e da Fundação Pedro Calmon (Programa Aldir Blanc Bahia), via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal. 


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas