Los Hermanos lança álbum ao vivo com 27 canções

entretenimento
13.05.2020, 06:00:00
Bruno Medina, Marcelo Camelo, Rodrigo Amarante e Rodrigo Barba (Foto: Marcos Hermes/divulgação)

Los Hermanos lança álbum ao vivo com 27 canções

Parte do registro foi gravado em Salvador, na Fonte Nova

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Foi em 2007 que a banda Los Hermanos anunciou uma parada na carreira e os seus integrantes seguiram caminhos diferentes a partir dali: um foi morar na Europa e criou uma nova banda; outro foi para os Estados Unidos e lançou-se na carreira solo; outros dois ficaram no Brasil e seguiram como músicos em outros grupos.

Mas aquele recesso - que segue até hoje - parece não ter abalado a popularidade do Los Hermanos: em turnês esporádicas depois de 2007, o grupo foi capaz de reunir multidões em seus shows. Foi assim na mais recente reunião do grupo, que, entre abril e maio do ano passado, passou por 11 cidades, tendo começado em Salvador. No total, 250 mil pessoas compareceram às apresentações.

Nesta quinta (14), finalmente, aquela excursão pelos palcos brasileiros chega às 15h nas plataformas de música, com 27 canções gravadas em cada uma das cidades onde a banda esteve, incluindo, claro, Salvador, que recebeu os músicos em 5 de abril, na Fonte Nova. Entre as músicas, está Corre Corre, que foi lançada na turnê e era a primeira inédita da banda em 14 anos.
As outras 26 canções são retiradas dos quatro álbuns da banda: Los Hermanos (1999); Bloco do Eu Sozinho (2001); Ventura (2003) e Quatro (2005). Predominam no repertório do lançamento as canções de Ventura, que entra com dez faixas, ainda que este não tenha sido comercialmente o disco mais bem-sucedido da banda. Vendeu cem mil cópias contra 300 mil do primeiro.

Anna Júlia
A canção, que se tornou um fenômeno nas rádios e chegou a ser gravada pelo ex-beatle George Harrison (1943-2001), tornou-se um 'peso' nas costas da banda, que por um tempo se recusou a cantá-la em suas apresentações.

Um antigo vídeo que circula até hoje na internet dá uma ideia do que a canção significa na história do grupo. Nele, um repórter pergunta ao vocalista e guitarrista Rodrigo Amarante "Vocês são sempre lembrados por Anna Júlia, né?". Seco, o músico responde: "Nem sempre". O repórter insiste: "Vocês se incomodam em ser sempre lembrados por Anna Júlia?". "Não, porque nem sempre", tenta encerrar o entrevistado, com mais rispidez. Mas o jornalista insiste e sente-se um certo "climão" no ar e fica a impressão de que a conversa nunca vai acabar.

Turnê levou 250 mil pessoas aos estádios e ginásios (foto: Léo Aversa/divulgação)

Mas voltemos ao que interessa: sim, Anna Júlia está no álbum que chega amahã às plataformas de streaming. Além deste clássico da banda, estão no novo álbum outras cinco canções do primeiro disco. De Bloco do Eu Sozinho, entram quatro músicas e do último, outras seis.

Mas os eventos envolvendo a banda vão além do simples lançamento do álbum. Hoje, às 21h, o Canal Bis reprisa o show que foi gravado no Maracanã no ano passado. Amanhã, às 18h, haverá no YouTube uma “listening party”, espécie de audição coletiva do novo disco.

Na próxima segunda-feira (18), quando se completa um ano de encerramento da turnê, será lançado o clipe de O Vencedor com som e imagens em 360 graus, gravado por Daniel Carvalho e dirigido por Victoria Oliveira.

Los Hermanos na quarentena

Hoje (13), às 21h  
O Canal Bis reprisa o show Los Hermanos 2019 ao Vivo, que foi gravado em maio do ano passado no Maracanã. Na sexta, será novamente exibido, às 15h, no Multishow 

Amanhã (14), 15h  
O álbum Los Hermanos 2019, com 27 músicas gravadas ao vivo, será lançado

Amanhã (14), 18h 
Audição do disco (listening party) para os fãs no canal da banda no YouTube


Segunda-feira (18)  
Lançamento do clipe de O Vencedor, com som e imagens em 360 graus, gravado por Daniel Carvalho, filmado por Rômulo Nobre de Carvalho e dirigido por Victoria Oliveira

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas