Lucas Moura segue cada vez mais esquecido no PSG

esportes
02.11.2017, 02:42:00
Destino de Lucas é incerto (AFP)

Lucas Moura segue cada vez mais esquecido no PSG

Atacante perdeu espaço com as chegadas de Neymar, Mbappé

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Lucas Moura tem caído no esquecimento no PSG. O brasileiro tem atuado cada vez menos com a camisa do clube parisiense e perdeu espaço no elenco com as chegadas de Neymar e Mbappé.


Desde que chegou ao PSG na temporada 2012/13, Lucas fez 227 jogos pelo clube, tendo marcados 46 gols e distribuído 47 assistências. Mas neste ano, o atacante participou de apenas quatro jogos e marcou um gol, ficando de fora da lista de relacionados de jogos da Champions League, principalmente devido a forte concorrência no time de Paris.

Um comparativo com a temporada passada mostra como Lucas caiu no esquecimento no elenco parisiense: na campanha do vice-campeonato do clube na Ligue 1, o atacante particiou de 37 dos 38 jogos disputados no campeonato. Além de ter atuado sete nas partidas pela Champions League, o que ainda não aconteceu neste ano.

Na janela de negociações do verão europeu, o nome do brasileiro surgiu como uma das possíveis negociações que o PSG estava disposto a fazer, mas Neymar, que chegou no mesmo período, teria pedido pela permanência do amigo.

Nesta semana, Lucas foi notícia no futebol brasileiro, já que interessaria ao Cruzeiro, que tentaria a sua chegada por empréstimo, mas o atacante rejeitou a possibilidade, acreditando ainda ter espaço no futebol europeu.

Números de Lucas Moura

Fato é que o jogador anda cada vez mais sumido nas partidas do PSG. Vale lembrar que ele chegou ao clube com status de estrela, porém não conseguiu mostrar todo o seu brilho. Pelo contrário, foi ofuscado por atuar ao lado de outros gigantes, como Ibrahimovic e Cavani. E, atualmente, tem também outros concorrentes, como Draxler e Di María, que são as preferências de Emery no momento de efetuar substituições.

Incomodado com sua situação, Lucas, que será pai em breve, fez uma publicação em sua conta no Instagram, com os dizeres: "Fé é aceitar que você pode não entender tudo, mas você sabe que Deus irá direcioná-lo para o que ele quer para a sua vida", escreveu.

Com a proximidade do fim do ano e da janela de inverno da Europa, o nome de Lucas deve ser um dos que pode aparecer mais uma vez entre os negociáveis pelo PSG. O atacante tem contrato com os parisienses até junho de 2019, mas pode considerar uma mudança de ares para tentar retomar seu futebol. De acordo com o site alemão Transfermarket, o brasileiro está avaliado em 38 milhões de euros (aproximadamente R$ 144 milhões).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas