Lucas Verthein fica em 5º e não avança para a final do remo

esportes
29.07.2021, 00:31:00
Atualizado: 29.07.2021, 00:31:14
Lucas Verthein ficou em quinto na semi do remo (Gaspar Nóbrega/COB)

Lucas Verthein fica em 5º e não avança para a final do remo

Brasileiro larga bem, mas perde rendimento e não participa da briga por medalha

Único representante brasileiro no remo single skiff na Olimpíada de Tóquio, o carioca Lucas Verthein não irá brigar por medalha. Após se classificar bem nas primeiras fases, o atleta de 23 anos terminou em quinto lugar na primeira semifinal da modalidade e não se classificou para a decisão.

Lucas fez o tempo de 7m02s87, na noite desta quarta-feira (28), pelo horário do Brasil. Apesar de não ter conseguido a vaga na final, o remador garantiu, em sua primeira participação em Olimpíada, o melhor desempenho da história do Brasil no remo single skiff. Ele agora disputará a final B, que define de sétimo a 12º lugar, na quinta-feira (29), às 21h15.

Na semi, o carioca largou bem e conseguiu acompanhar o ritmo dos líderes. Nos primeiros 500m, foi o quarto, com 1m39s68, e manteve a posição ao chegar aos 1000m, com 3m32s68. Mas começou a ficar para trás e caiu para a quinta colocação, onde permaneceu até o fim da prova.

Apenas os três primeiros de cada semi se classificavam para a final. Na bateria de Lucas, o primeiro colocado foi o norueguês Kjetil Borch, com 6m42s92. Os outros dois classificados à final A foram o croata Damir Martin, com 6m45s27, e o lituano Mundaugas Griskonis, com 6m45s90.

Na segunda semifinal, se classificaram à decisão: o grego Stefanos Ntouskos, com o tempo de 6m41s61, o dinamarquês Sverri Nielsen, com 6m44s00, e o russo Alexander Vyazovkin, com 6m44s56. A final será nesta quinta, às 21h45 do Brasil.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas