Luis Suárez diz estar magoado com o Barcelona: 'Merecia respeito'

esportes
23.02.2021, 14:24:00
Atualizado: 23.02.2021, 14:24:35
Hoje no Atlético de Madrid, Suárez lidera a tabela de artilheiros do Campeonato Espanhol, com 16 gols (Foto: Gabriel Bouys/AFP)

Luis Suárez diz estar magoado com o Barcelona: 'Merecia respeito'

Artilheiro do Espanhol pelo Atlético de Madrid, uruguaio diz ter sido chamado de "velho" em saída do clube catalão

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Dispensado pelo Barcelona em agosto do ano passado, o uruguaio Luis Suárez se transferiu para o Atlético de Madrid, onde lidera a tabela de artilheiros do Campeonato Espanhol com 16 gols. Em alta no clube da capital espanhola, que está em primeiro lugar, o centroavante mostrou-se bastante magoado pela maneira como o clube catalão tratou a questão da sua saída.

"O que realmente me aborreceu foi terem me dito que estava velho para estar no topo e que já não conseguia jogar no mais alto nível, ser o centroavante de uma grande equipe. Foi disso que não gostei. Se não tivesse feito nada durante três ou quatro temporada, tudo bem. Mas eu marcava mais de 20 gols todos os anos e tinha sempre os melhores números atrás do Messi!", afirmou Suárez em entrevista à revista francesa France Football

O uruguaio de 34 anos comentou, depois, sobre o atual momento do Barcelona. "Hoje podem verificar que não é fácil jogar pelo Barcelona. Muitos jogadores foram contratados e não atingiram o nível que esperavam. Eu joguei lá durante seis anos e mantive sempre o nível alto. As circunstâncias mudaram, o clube precisava de mudanças e eu entendo isso. O que não entendo foi a forma como saí. Merecia respeito!", sublinhou.

Suárez diz que a forma como o Barcelona o tratou no momento da saída está dando ainda mais força para mostrar no Atlético de Madrid aquilo de que ainda é capaz. "Pelo meu orgulho, quis mostrar-lhes que podia continuar mostrando o que ainda valho. Por isso fui para o Atlético Madrid, uma equipe muito competitiva e que me agradou", explicou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas