'Madonna fala mal de mim pelas costas', diz Lady Gaga em filme

entretenimento
08.09.2017, 17:22:00
Atualizado: 08.09.2017, 17:25:45
(Foto: Reprodução)

'Madonna fala mal de mim pelas costas', diz Lady Gaga em filme

Dirigido por Chris Moukarbel, documentário sobre a cantora pop estreia na Netflix neste mês

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O documentário Gaga: Five Foot Two fez sua estreia mundial nesta sexta-feira (8) no Festival de Toronto e tem dado o que falar. É que, além de mostrar algumas das intimidades da cantora pop, também mostra algumas polêmicas. Em sua mansão em Malibu, na Califórnia, a cantora reflete sobre ser uma mulher trintona, sofre de dores crônicas nas costas e dispara contra Madonna. “Eu a admiro, apesar de ela falar mal de mim pelas costas”, diz em certo ponto do filme, sobre ser frequentemente comparada à veterana. As informações são da Folha de S.Paulo

O longa sustenta a nova fase de Lady Gaga, que completa dez anos de carreira e tenta mostrar o lado mundano da cantora pop. A própria Gaga tem adotado o comportamento mais “normal” desde o lançamento de seu último álbum, Joanne, em 2016. Durante as gravações do disco, ela insiste em deixar de lado o visual montado, mas se preocupa com a reação dos fãs mais antigos. Assista ao trailer. 


Apesar de ainda não ter assistido ao documentário, a cantora disse que não queria que o filme fosse mais uma peça no marketing. “Não queria que o filme soasse como algo comercial e que fizesse parecer que a minha vida é perfeita”, afirmou a cantora na entrevista coletiva. Com jaqueta e calças pretas, só vestia da “velha Gaga” um par de botas com enormes saltos plataforma. 

Curta estreia neste mês
Dirigido por Chris Moukarbel, o documentário vai estar disponível na Netflix no dia 22 deste mês. A câmera na mão de Moukarbel acompanha tudo de forma trôpega e às vezes perde o foco. “Me senti confortável porque ele era muito respeitoso, até nos momentos íntimos”, contou Gaga em Toronto. Em alguns momentos, contudo, pedia para a câmera ser desligada -"só quando estava me sentido exausta”, diz. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas