Madrugada olímpica pode ter 'Lei do Ex' e medalhas para o Brasil em três modalidades

esportes
23.07.2021, 20:23:00
Atualizado: 23.07.2021, 22:27:08
Nathalie Moellhausen é esperança de medalha para o Brasil na esgrima (Foto: Divulgação/COB)

Madrugada olímpica pode ter 'Lei do Ex' e medalhas para o Brasil em três modalidades

Confira programação completa dos brasileiros no final de semana

O futebol queima a largada, mas o restante das modalidades só começa depois da Abertura, que rolou na manhã desta sexta (23). Para correr contra o tempo perdido, algumas modalidades já distribuem medalhas logo no primeiro dia. E de ouro, como é o caso da esgrima em que o Brasil tem chances de conseguir pelo menos o pódio com Nathalie Moellhausen, campeã mundial na categoria espada. A primeira luta dela é daqui a pouquinho contra a italiana Rossella Flamingo. O confronto vale pela 1/16-avos de final e começa às 21h55.

Uma curiosidade é que essa luta pode ter a chamada 'Lei do Ex': isso porque Nathalie, de 35 anos, competia pela Itália até 2015, dois anos depois de conseguir a cidadania brasileira. Nascida em Milão, ela é filha do alemão Philippe Moelhausen e da ítalo-brasileira Valeria Ferlini.

Se na esgrima o máximo que uma atleta brasileira conseguiu foi chegar até as quartas, com a própria Nathalie no Rio-2016, o judô é sempre uma esperança de medalhas para o país - não a toa é de lá de onde vieram a maioria das medalhas: das 129 conquistadas até aqui, 22 foram através de judocas. 4 delas de ouro, 3 de prata e 15 de bronze.

Outro fato para dar uma animada é que desde as Olimpíadas de Seul, em 1988, até as últimas no Rio-2016 a modalidade mandou para o nosso país pelo menos uma medalha em todas as edições que passaram.

Todo esse contexto é para dar confiança e torcer bastante por Gabriela Chibana (até 48kg) e Eric Takabatake (até 60kg). As finais da categoria dela começam às 6h25 e, as de Eric, a partir de 6h50 do sábado (24).

É tiro, Zé
Prata no Rio, Felipe Wu pode repetir o feito durante a madrugada de tiro esportivo. A final da modalidade é só para quem tem insônia ou está muito na disposição: começa às 3h30, no horário de Brasília.

Felipe Wu busca pelo menos repetir o feito do Rio-2016 no tiro esportivo (Foto: Miram Jeske/COB)

Final de semana
O final de semana olímpico tem muito futebol, vôlei, estreia de Ítalo Ferreira e Gabriel Medina no surfe (mesmo sem Yasmin Brunet em Tóquio) e muito mais. O final de semana para brasileiras e brasileiros em Tóquio pode ser interessantes e trouxemos um guia com tudo que vai rolar. Os destaques são as partidas das seleções feminina e masculina, contra Holanda e Costa do Marfim, no sábado e domingo, respectivamente.

Ainda no sábado, Ítalo Ferreira e Medina vão para a primeira eliminatória do sufe na praia de Tsurigasaki, em Chiba, cidade próxima a 64km Tóquio. Nessa fase, os 20 atletas disputam cinco baterias de quatro surfistas. Os dois primeiros colocados de cada bateria avançarão para o terceiro round da competição, enquanto os dois últimos irão para a repescagem no segundo round.

Cena do casal surfando não se repetirá no Japão, ainda assim, Medina fará a sua estreia no sábado (24)

O final de semana também terá a estreia das meninas do vôlei feminino. E nem vai precisar madrugar no domingo para ver a partida contra a Coreia do Sul: o primeiro saque da partida acontece às 9h45. Quem tiver com insônia no domingão também pode conferir a estreia de Ana Patrícia e Rebecca no vôlei de praia. Às 23h, elas enfrentam as marroquinas Makokha e Khadambi. Confira a programação completa do final de semana olímpico logo abaixo.

Programação de sábado (24/07)

Futebol feminino
8h00 - Holanda x Brasil

Natação
07h – 400m Individual Medley Masculino
07h20 – 100m Borboleta Feminino
07h30 – 400m Livre Masculino
08h – 400m Individual Medley Feminino
08h20 – 100m Peito Masculino
08h40 – Revezamento 4×100 Livre Feminino
22h30 – 400m Medley Masculino – Final
22h40 – 100m Borboleta Feminino – Semifinal
22h50 – 400m Livre Masculino – Final
23h00 – 400m Medley Feminino – Final
23h30 – 100m Peito Masculino – Semifinal
23h40 – 4×100 Livre Feminino – Final

Vôlei de praia masculino
23h - Evandro e Bruno Schmidt (BRA) x  Marco Grimalt e Esteban Grimalt (CHL)

Handebol feminino
23h - Brasil x Rússia

Tênis
1h10 - Thiago Monteiro (BRA) x Jan-Lennard Struff (ALE)
5h30 - João Menezes (BRA) x Marin Cilic (CRO)
5h30 - Demoliner e Melo (BRA) x Mektic e Pavic (CRO)

Surfe
19h - Individual Masculino (Gabriel Medina e Ítalo Ferreira)
22h20 - Individual feminino

Judô
23h15 - Daniel Cargnin (BRA) x (EGI) Mohamed Abdelmawgoud    
23h49 - Larissa Pimenta x Agata Perenc

Tênis de mesa
02h15 - Rachel Moret (SUI) x (BRA) Jessica Yamada    

Ginástica Artística
02h30 - Qualificatório Subdivisão 2

Tiro Esportivo
21h – Skeet Feminino
21h – Pistola de ar 10m Feminino
22h- Skeet Masculino
23h – Pistola de ar 10m Feminino – Final
01h- Carabina de ar 10m Masculino – Final

Domingo (25/07)

Futebol masculino
5h30 - Brasil x Costa do Marfim

Vôlei feminino
09h45 - Brasil x Coreia do Sul

Vôlei de praia
23h - Ana Patrícia e Rebecca x Makokha e Khadambi (MAR)

Judô
23h14 - Eduardo Katushiro x Guillaume Chaine (FRA)

Boxe masculino
7h00 - Wanderson Oliveira (BRA) x (REF) Wessam Salamana    

Taekwondo
1h00 - Oitavas de final: Edival Marques (BRA) x (TUR) Hakan Recber
22h15 - Ícaro Miguel x Simone Alessio (ITA)
23h - Milena Titoneli x Julyana Al Sadeq (UAE)

Skate
21h00 - Street Feminino

Esgrima
21h25 - Florete indiviual masculino

Triatlo
18h30 - Individual masculino Final

Vela
03h05 - RS:X Feminino (1ª, 2ª 3ª regatas)

Ginástica Artística
08H20 - Qualificatório Feminino

Canoagem
01h40 - Canoagem K1 feminina    

Natação
07h20 - Classificatórias 200m livre masculino
08h20  - classificatórias 100m costas masculino
09h10 - Classificatórias 4x100 livre masculino

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas