Mãe é detida pela Polícia Militar ao tentar vender os filhos na Bahia

bahia
09.01.2017, 19:14:00
Atualizado: 09.01.2017, 20:19:08

Mãe é detida pela Polícia Militar ao tentar vender os filhos na Bahia

Caso ocorreu na cidade de Luís Eduardo Magalhães, na região Oeste do estado

Uma mãe foi detida pela Polícia Militar tentando vender os filhos na cidade de Luís Eduardo Magalhães, região Oeste da Bahia. De acordo com o delegado Leonardo de Almeida Mendes Júnior, titular de delegacia da cidade, a detenção ocorreu no sábado (7), em um bar no bairro Santa Cruz.

Ainda segundo o delegado, Fabíola Almeida Vaz foi denunciada por outras pessoas que estavam no bar e perceberam a negociação. "A situação indignou as pessoas que estavam no local e perceberam o que estava acontecendo. Ela estava negociando os filhos com um casal", contou Mendes Júnior.

Segundo o delegado, Fabíola estava completamente bêbada quando foi detida e o casal que supostamente estava envolvido na negociação havia deixado o bar quando os policiais chegaram. "Ela não foi presa porque não foi dado o flagrante", disse.

Fabíola tem dois filhos, um de 1 ano e outro de 1 ano e oito meses. De acordo com o delegado ela tem problemas com alcoolismo e não possui trabalho fixo. As crianças foram encaminhadas pelo Conselho Tutelar da cidade para a avó materna, que está com a guarda provisória.

Nesta segunda-feira (9), Fabíola prestou depoimento na delegacia de Luís Eduardo Magalhães e foi liberada em seguida. De acordo com o delegado, nesta terça-feira (10), o marido dela deverá ser ouvido também. "Vamos buscar as provas para poder o quanto antes esclarecer o caso", completou o delegado.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas