Mais 3 atletas testam positivo para covid e estão fora dos Jogos

esportes
21.07.2021, 15:28:00
Atualizado: 21.07.2021, 15:28:15
Candy Jacobs está fora da Olimpíada de Tóquio por covid-19 (Nelson Almeida/AFP)

Mais 3 atletas testam positivo para covid e estão fora dos Jogos

Segundo Comitê Organizador, já são cerca de 80 casos confirmados de pessoas credenciadas

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Mais três atletas testaram positivo para a covid-19 e estão fora da Olimpíada de Tóquio. A britânica Amber Hill, do tiro esportivo, a holandesa Candy Jacobs, do skate street feminino, e o americano Taylor Crabb, do vôlei de praia, foram diagnosticados com a doença antes mesmo da abertura oficial dos Jogos, marcada para sexta-feira (23).

Apesar de protocolos sanitários estabelecidos para tentar evitar as infecções, cerca de 80 pessoas credenciadas, incluindo voluntários e integrantes de comissões técnicas, foram confirmadas com o coronavírus. O número foi divulgado por Seiko Hashimoto, presidente do Comitê Organizador, na noite de terça-feira (20). Todos que testam positivo devem cumprir 14 dias de quarentena. 

Amber Hill considerada favorita a ganhar medalha na categoria skeet do tiro esportivo. Ela é a atual número um do mundo e, na Rio-2016, havia chegado à final olímpica. Em comunicado, o comitê olímpico do Reino Unido informou que nenhum atleta será convocado para a vaga da atleta.

"Depois de cinco anos de treinamento e preparação, estou absolutamente arrasada em dizer que ontem à noite recebi um teste covid-19 positivo, o que significa que tive que me retirar da equipe de tiro. Gostaria de desejar boa sorte a todos os membros da equipe. Voltarei disso, mas agora preciso de algum tempo para refletir e entender o que aconteceu", lamentou Amber.

A holandesa Candy Jacobs também era candidata a medalha, mas na categoria street do skate, que tem prova a ser disputada no sábado (24). Aos 31 anos, ela lamentou o diagnóstico: "Estou com o coração partido. Infelizmente, testei positivo para covid-19 esta manhã, o que significa que minha jornada olímpica termina aqui".

Já Taylor Crabb, de 29 anos, disputaria sua primeira edição de Jogos Olímpicos e estrearia no domingo (25), ao lado de Jake Gibb, contra a dupla italiana Carambula/Rossi. Ele é o segundo atleta do vôlei de praia masculino a ficar fora dos Jogos - antes, o tcheco Ondrej Perusic, que faz dupla com David Schweiner, também havia testado positivo para a covid-19. 

Na delegação dos EUA, além de Crabb, a ginasta Kara Eaker também foi diagnosticada com o coronavírus. A atleta, de 18 anos, havia sido como substituta da equipe americana, liderada pela estrela Simone Biles.

Também ficam de fora da Olimpíada por covid-19 o mesa-tenista Pavel Sirucek, da República Tcheca, que participaria pela primeira vez do evento; o lateral-direito Thabiso Monyane e o centroavante Kamohelo Mahlatsi, do futebol da África do Sul; e a chilena Fernanda Aguirre, do taekwondo, que testou positivo na chegada a Tóquio.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
  • Assinaturas: 71 3480-9140
  • Anuncie: 71 3203-1812
  • Ache Aqui Classificados: 71 3480-9130
  • Redação: 71 3203-1048